Receber pagamento com uma máquina de cartão é uma necessidade de muitos empreendedores. E, com as diversas opções de marcas e modelos disponíveis no mercado, isso tornou-se acessível mesmo para novos e pequenos negócios.

Mas, será que você pode confiar toda a saúde financeira de seu negócio apenas nesse aparelho?

Um erro de julgamento pode levar você a perder vendas, além de decepcionar clientes que dependem de outros meios de pagamento.

Como o mercado mudou muito nos últimos anos vimos o quão importante é ser adaptável para sobreviver como negócio. Se as vendas presenciais caírem repentinamente, o que você fará para ser pago pelo seu produto ou serviço?

Exploramos nesse artigo os motivos pelos quais você pode precisar ter uma alternativa para a sua máquina de cartão, bem como as outras formas de pagamento que você pode disponibilizar para o seu cliente.

Problemas técnicos acontecem

O principal problema de ter apenas a máquina de cartão como forma de pagamento é o que fazer se houver um problema técnico.

Mesmo as melhores e maiores empresas de pagamento passam por problemas técnicos, embora isso raramente aconteça por mais que um curto período. E estes podem ser diversos tipos:

Falha no sistema: você deve se lembrar de ocasiões em que redes de supermercados internas ficaram sem poder receber pagamento com cartão por uma falha no sistema.

Ou de um dia em que ninguém conseguia sacar dinheiro em caixas eletrônicos usando a bandeira específica.

Falha na internet: e não é apenas o processador do cartão que pode ter problemas. A conexão com a internet também pode falhar – lembre que os dados são transmitidos online.

E mesmo que ela se mantenha estável, ela pode ser fraca em muitas localidades do país, inutilizando muitos leitores de cartão.

Falha no aparelho: a máquina de cartão em si também pode apresentar probelmas técnicos, principalmente se já estiver em uso há algum tempo. E ainda que você possa solicitar outro aparelho, irá ficar sem opção até ela chegar e ser configurada.

Você pode ter que receber à distância

Como vimos recentemente, pandemias acontecem e podem destruir as vendas de quem não se adapta rapidamente.

Ter apenas uma máquina de cartão para pagamentos significa que você só pode aceitar cartões pessoalmente, ou talvez por telefone, se o aparelho oferecer venda digitada como opção.

QR Code de cardápio na mesa de restaurante

QR Codes presencial são uma forma de receber pagamento sem máquina de cartão

Não é possível vender online ou garantir distanciamento social com uma máquina de cartão. E mesmo que você limpe o aparelho com frequência, sempre há risco para você e seu cliente.

E, mesmo que não haja pandemia, algumas lojas também podem ter que fechar seus estabelecimentos físicos por um tempo por vários motivos e passar a vender apenas online.

Outra possibilidade é você querer expandir as fronteiras de seu negócio e vender para outras cidades e estados. Nesse caso, há menos que você mantenha representantes locais, não poderá usar uma maquineta de cartão para receber pagamentos.

Nem todos podem pagar com cartão

No Brasil, cerca da metade da população brasileira tem cartão de crédito, segundo dados do IBGE. Os números ficam melhores quando se inclui o cartão de débito e os pré-pagos, mas ainda há uma parte significativa dos brasileiros sem cartão.

E mesmo aqueles com cartão nem sempre podem usá-lo, pelos seguintes motivos:

Não há saldo disponível suficiente na conta.

O cartão é pré-pago, que pode não funcionar para todas as transações.

O cliente esqueceu de trazer ou perdeu o cartão.

O cliente não possui a bandeira que a sua maquineta de cartão passa.

Assim, quando o seu cliente não tem um cartão e este é a única coisa que você aceita, você perde uma venda.

Clientes gostam de ter escolhas

Com tantos métodos de pagamento possíveis hoje em dia, os clientes gostam de poder usar aqueles em que confiam.

Reduzir o atrito no balcão de pagamento é mais que importante. Se alguém que já não tem certeza sobre compra ou não um produto quiser usar um método de pagamento que você rejeita, ele ou ela, provavelmente, abandonará a venda.

Há muitas razões pelas quais as pessoas podem ter fortes preferências de pagamento. Algumas pessoas ainda são pagas em dinheiro e querem gastá-lo diretamente. Outros são adeptos de novidades como Pix e carteiras digitais.

Quais as alternativas para quando não se pode usar a máquina de cartão?

Diferentes métodos de pagamento atendem bem a diferentes empresas.

Para escolher quais são apropriados como alternativa para quando não se pode usar uma máquina de cartão, considere o que seria útil para o seu cliente. Mesmo se você estiver vendendo apenas pessoalmente, pode ser útil ter uma ou mais opções de pagamento que os clientes possam usar se a sua solução preferida falhar.

Adicionar mais tipos de pagamentos não precisa ser caro. Muitos das opções abaixo podem ser aceitas sem taxas mensais ou assinatura de contrato.

Presencialmente

  • Dinheiro: dinheiro vivo ainda é uma alternativa solicitada por muitos clientes brasileiros. E a boa notícia é que você pode registrar vendas em espécie em muitos apps.

  • Cheque: cada vez mais em desuso, cheques ainda são uma alternativa, especialmente entre aqueles que pagam por serviços profissionais.

  • Sistema PDV: caso você tenha um sistema PDV (frente de caixa), é bem possível que ele permita o recebimento de pagamento mesmo sem a máquina de cartão.

  • Nota promissória: quase deixando de estar em uso, a nota promissória continua a ser uma alternativa válida, principalmente para vendas no crediário.

  • Tap on Phone: soluções como NuTap permitem que o seu cliente pague aproximando o cartão da tela de um smartphone com NFC ativo – um processo chamado Tap on Phone.

Presencialmente e à distância

  • QR Codes: você pode disponibilizar QR codes em placas, mesas ou telas, para uma opção de pagamento local ou em seu site.

  • Link de pagamento: você pode enviar um link de pagamento para o seu cliente por meio das redes sociais, e-mail ou WhatsApp, estando ele por perto ou não

  • Cartão-presente: também chamados vale-presentes ou vouchers, estes podem ser físicos ou digitais, podendo ser comprados inclusive por terceiros usando diversas formas de pagamentos.

  • Carteiras digitais: carteiras digitais tradicionais, como PayPal, ou aquelas integradas em contas digitais, como PagBank ou PicPay ou Mercado Pago, permitem receber pagamentos em qualquer lugar.

  • Pagamento no celular: você pode usar um aplicativo do seu celular para receber pagamento entre celulares ou entre o seu celular e uma tecnologia vestível de seu clientes (pulseiras, smartwatches, etc).

  • Pix: uma opção de pagamento que vem se tornando popular rapidamente, o Pix pode ser usado para receber por produtos e serviçsos como pessoa física ou jurídica

À distância

  • Checkout da loja virtual: um site com os seus produtos ou serviços é uma das melhores formas de receber pagamento online, bastando adicionar uma solução checkout de pagamento.

  • Boleto: ainda uma das formas de pagamento preferidas dos brasileiras, você pode emitir boletos para seus clientes.

  • Débito automático: uma boa opção para pagamento recorrentes, mas que também pode ser usado por qualquer lojista.

  • Transferência bancária: uma forma tradicional de receber pagamento, mas que pode ser ainda usada como alternativa ao cartão.