A SumUp é uma das empresas líderes no mercado brasileiro de máquina de cartão para celular com as suas máquinas de cartão Chip e Top.

Por isso, fomos conversar com o seu diretor executivo no Brasil, Igor Marchesini, para saber mais sobre os diferenciais da empresa e de seus produtos, e ajudá-lo a decidir se esta é a melhor maquininha de cartão para o seu negócio.

Qual a relação da SumUp com o Brasil?

Igor Marchesini – A SumUp tem uma orientação muito clara de servir ao micro e ao pequeno negócio. Esse é o nosso DNA. Quando resolvemos entrar nesse mercado, percebemos que não existia um leitor de cartão que fosse barato e bom o suficiente para atender  a este público.

Os processos normais, seguidos pela maioria das empresas de cartão de crédito, tinham custos fixos muito altos, que não permitiam servir a quem vende até 3 mil reais por mês.

E, diante do mercado global, o Brasil é, provavelmente, o melhor do mundo para quem quer receber pagamentos com cartão de crédito. Aqui, essa cultura já é muito grande; o consumidor quer pagar com cartão; há muitos profissionais autônomos, micro empreendedores individuais (MEI), além dos informais; e existe algo único que é a venda parcelada.

E o parcelamento só pode ser feito sem risco de calote por meio da aceitação de cartão de crédito – uma modalidade de pagamento que fica melhor ainda com a possibilidade de antecipar o valor dessas parcelas, e receber tudo de uma vez só.

Quem é o cliente SumUp?

IM – O cliente da SumUp é o autônomo, o pequeno negócio, o MEI. É a tia do bolo, o DJ, o eletricista, o pedreiro, a vendedora de roupa, o vendedor porta a porta, o armazém, a lojinha.

Hoje, temos cerca de 250 mil brasileiros cadastrados na nossa base de clientes. E isso sem nenhuma parceria com banco, ou força de vendas física. No nosso caso, o boca a boca funciona muito bem, e quase 40% dos nossos novos clientes chegam por recomendação de outros clientes.

Para quem o leitor SumUp Chip é ideal?

IM – O SumUp Chip é muito barato, custa apenas R$58,80, e você pode dividir esse valor em doze vezes.

Ele é ideal como a primeira experiência do vendedor que quer começar a aceitar cartão de crédito.

SumUp Chip com cartão

E não há muito risco nisso, pois, no nosso caso,  ele pode se arrepender em até 30 dias e devolver a máquina de cartão, recebendo o valor total de volta.

Assim, a máquina de cartão SumUp Chip é indicada para quem vende menos, para quem não vai fazer transações muito altas e para quem não precisa aceitar débito. E para quem faz um número menor de transações com valores mais altos.

Essa maquininha SumUp é boa para pessoas que têm uma relação de longo prazo com seus clientes: o marceneiro, o personal trainer, o fotógrafo, que geralmente querem algo apenas para parcelar a venda.

E para quem a máquina de cartão SumUp Top é a melhor?

IM – A maquininha SumUp Top (ao lado) é um pouco mais cara, mas ainda cabe fácil no bolso, pois custa 12 vezes de R$5,70.

O SumUp Top é mais indicado para quem vende valores mais altos, acima de R$4 mil reais por mês, para quem faz transações com mais frequência e para quem  precisa do débito – o  mercadinho, a lanchonete, e também para os mesmos profissionais que usam o Chip, mas que contam com um volume maior de vendas.

SumUp Top com cartão

O Top tem um design lindo. E, diferentemente de outras empresas, a SumUp desenvolveu todo o hardware. Isso reflete-se do lado de fora, fazendo com que o SumUp Top não seja mais uma daquelas maquininhas feias, pretas, chatas.

Mas, isso tem um impacto muito grande  também na parte interna.

Como a tecnologia é nossa, o nosso custo é mais baixo, conseguimos otimizar a máquina de cartão para o que gente quiser.

Por exemplo, o texto que aparece no visor é totalmente personalizado, e a velocidade da transação de pagamento é maior, pois temos uma conexão direta com quem faz esse processamento.

Como a SumUp consegue manter uma das taxas mais baixas de parcelamento do mercado?

IM- Isso é parte da estratégia de longo prazo da empresa.  Queremos construir uma marca que os nossos vendedores possam confiar. Temos tecnologia própria, o que reduz nossos custos, temos parceiros muito sólidos, que acreditam na gente e nos oferecem custos baixos de antecipação dos saldos, e repassamos quase todo esse ganho para o nosso cliente.

Comparados à concorrência, a nossa taxa de antecipação chega a ser a metade da deles, uma economia que pode ser até de 20% nas vendas em 12 vezes. A gente conseguiu manter a filosofia europeia de margens muito mais baixas aqui e isso é um diferencial que ninguém consegue seguir.

Qual máquina de cartão móvel tem a melhor taxa de parcelamento? Descubra neste artigo aqui

As maquininhas Top e Chip da SumUp foram adaptadas à realidade brasileira?

IM – Ambos os leitores de cartão da SumUp foram completamente adaptados para o Brasil. Aqui, eles aceitam a venda parcelada; oferecem a possibilidade de fazer a antecipação do saldo das parcelas; e a comunicação com o cliente é diferenciada.

Outras mudanças foram feitas para garantir a velocidade durante o  pagamento e a associação com os sistemas brasileiros de TED e de DOC. O nosso cadastro de clientes também foi integrado a bases de dados brasileiras para validação.

Até o suporte ao cliente foi recriado, pois aqui a gente usa o aplicativo Whatsapp, algo que não é muito forte na Europa, por exemplo. O leitor de cartão em si é o mesmo, mas, hoje, 90% do mercado SumUp Chip é no Brasil, então ele foi redesenhado para funcionar melhor aqui.

Por que motivo o cadastro com a SumUp leva até 3 dias úteis para ser confirmado?

IM – Neste ponto, é importante lembrar que, se a opção fosse por uma máquina de cartão tradicional, esse processo poderia levar meses. E, no nosso caso, são apenas 3 dias, sendo que tudo acontece online –  você não manda documento físico nenhum.

Igor Marchesini

Conferimos os dados pessoais junto a bases de dados eletrônicas e, se conseguirmos confirmar tudo, o que acontece em mais da metade dos casos, não há necessidade de documentação.

Caso contrário, pedimos apenas uma fotografia de documentos básicos: CPF, RG e comprovante de endereço.

O que causa os dias extras de espera é o depósito de 1 centavo feito na conta bancária do cliente.

Mas, isso é algo essencial, pois eu quero garantir que vou poder te pagar por meio da transferência do saldo de suas vendas direto na sua conta corrente ou conta poupança.

O banco leva 1 a 2 dias para realizar esse processo de verificação, e é isso que cria essa espera máxima de 3 dias úteis. Mesmo assim, de qualquer forma, a máquina de cartão da SumUp chega às mãos do vendedor em 10 a 15 dias úteis na maioria das vezes –  a depender da região do Brasil.

A SumUp tem uma ótima reputação no Reclame Aqui. Como funciona o suporte ao cliente da empresa?

IM – Acabamos de conquistar o selo de excelência RA 1000 no Reclame Aqui,  e isso é uma consequência da nossa filosofia de atendimento como um todo.

Então uma das minhas motivações quando eu trouxe a empresa aqui para o Brasil era criar uma empresa que atendesse ao cliente da forma que a gente gostaria de ser atendido.

Por isso, nossos agentes de suporte SumUp são pessoas extremamente interessantes e que não têm nenhum script para seguir: eles apenas recebem o treinamento e sabem o que tem que fazer. Então, se você ligar para o atendimento da SumUp, verá que é uma experiência completamente diferente.

E o nosso incentivo para eles não é atender mais clientes em menos tempo, e sim empatizar e resolver o problema. Mais que isso, é pensar em como nosso produto pode ser mudado de forma que o cliente nem precise contatar o suporte. Porque é isso o que o cliente quer: não ter que ligar para a gente.

Mão segurando SumUp Top enquanto outra inseri cartão

Isso também se reflete no aplicativo da empresa?

IM – Com certeza. O nosso aplicativo não tem apenas duas mensagens após a venda, informando se esta foi realizada com sucesso ou não. Temos 40 tipos de mensagens de erro diferentes, sempre procurando explicar ao vendedor o porquê de cada situação e que atitude ele deve tomar para resolvê-la em cada um dos casos.

E medimos a satisfação dos nossos clientes sempre, usando a ferramenta Net Promoter Score (NPS). Na última pesquisa que fizemos entre 10 mil clientes, o nosso NPS foi de 67%  – para que você possa ter uma ideia, o NPS da Apple, uma das marcas mais admiradas do mundo, é de cerca de 60%.

E por que a SumUp decidiu investir em um atendimento especial para chargeback ou estorno?

IM – O chargeback ou estorno é uma questão muito forte aqui no Brasil. Como o leitor de cartão SumUp Chip não pede senha para validar a venda, e sim a assinatura do cliente, ele está mais exposto no chargeback.

Mas, em 99% dos casos, o que causa o pedido de estorno não é fraude ou roubo do cartão, e sim o fato do cliente não lembrar de ter feito a compra. Então, um simples telefonema nosso para esclarecer isso é o suficiente para reverter a situação.

A segunda parte dessa entrevista com o CEO da SumUp no Brasil está logo em seguida, e nela você verá como um leitor de cartão da SumUp pode te ajudar a vencer a crise