Divulgar a loja virtual. Este é um dos maiores desafios dos empreendedores iniciantes no comércio eletrônico, já que é possível criar uma loja virtual em 1 dia, mesmo sem conhecimento técnico. É preciso promover a loja virtual para que essa possa ser encontrada em meio a milhares de concorrentes online.

Mas, como fazer isso? Veja a seguir as ferramentas e estratégias mais utilizadas para levar o público até uma loja na internet.

Otimize a loja virtual para celular

O primeiro passo é verificar se a sua loja virtual está otimizada para tablets e smartphones. Isso significa dizer que o seu cliente vai conseguir acessar normalmente a loja por meio destes aparelhos, sem desconfiguração, travamentos e, o mais importante, sendo capaz de fazer uma compra.

Os smartphones são a principal ferramenta utilizada por 33% dos internautas brasileiros em suas compras online, de acordo com pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Este número está em crescimento e torna a otimização para esses aparelhos algo essencial.

Caso sua loja não esteja adaptada para celulares e tablets, converse com seu desenvolvedor ou com a empresa responsável pela hospedagem.

Escolhendo uma plataforma para a sua loja virtual?

Cuide do SEO

O conteúdo do site – inclusive as imagens – deve estar otimizado de acordo com as técnicas de Search Engine Optimization (SEO). Estas têm como objetivo aumentar as chances da sua loja virtual aparecer nos resultados de uma pesquisa no Google, Bing, e outros mecanismos de busca.

Uma das ações comuns é incluir palavras-chave nos textos, o que ajuda o mecanismo de busca a entender o que a sua loja virtual oferece – lembre-se, é um algoritmo, e não uma pessoa, quem faz essa relação.

Por exemplo, se o produto é um sapato de couro marrom feminino, use essas palavras na descrição. Milhares de pessoas recorrem aos buscadores diariamente para encontrar o que precisam, por isso o uso adequado das palavras-chave é fundamental para que sua loja possa estar melhor posicionada nos resultados.

Aposte no Marketing de Conteúdo

A primeira coisa que você precisa saber sobre o marketing de conteúdo é que ele irá trazer resultados a longo prazo, e não imediatos. O objetivo desta técnica é criar conteúdos que agreguem valor ao seu público.

Por exemplo, você pode criar um blog. Caso o seu cliente decida acompanhá-lo, este manterá a sua marca na mente de seu cliente para quando ele precisar de um produto que você vende.

Se você comercializa produtos para maquiagem e posta tutoriais sobre como usá-los no canal de sua loja no YouTube, você também está fazendo marketing do conteúdo.

Ferramentas de Divulgação

  • Otimização do site para celulares

  • Otimização de palavras-chave

  • Marketing do conteúdo

  • Uso de redes sociais

  • Anúncios patrocinados

Lembre-se que, para garantir resultados, é necessário manter uma periodicidade nas postagens, que irá depender do canal utilizado e de sua disponibilidade. Sem uma frequência será difícil deixar a sua marca na memória das pessoas.

Invista nas redes sociais

Que as redes sociais são uma ferramenta excelente para divulgar os negócios, você já sabe. O segredo está em como fazer isso para realmente ter resultado.

Comece pensando em quem é seu público e pesquise para saber quais são as redes sociais favoritas dele. Por exemplo:

  • Facebook é a rede com maior número de usuários, porém está perdendo espaço entre os mais jovens;

  • Instagram atrai mais mulheres, e os conteúdos mais populares são inspirações sobre moda, gastronomia e viagem;

  • LinkedIn é uma rede de perfil mais séria e interessante para quem negocia com outras empresas;

  • YouTube é o canal de vídeos mais popular da internet, uma opção para quem tem clientes que gostam de ver os produtos em funcionamento;

Você não precisa estar em todas as redes. Pinterest e Twitter, por exemplo, podem ser uma opção para alguns, mas ainda não são canais de venda populares no Brasil.

Mas, uma coisa é certa: você tem de fazer um bom trabalho onde estiver. Produza posts de qualidade, com temas que interessam os seus seguidores, conforme falamos acima. Tenha cuidado com erros de português, e dedique atenção especial às fotos: elas devem atrair a atenção e despertar o desejo.

Tente também produzir vídeos e lives (transmissões ao vivo) tanto para Facebook quanto para o Instagram, pois eles geram resultados ainda melhores que textos e imagens. O Stories do Instagram (fotos e vídeos que expiram em 24 horas) está em alta e pode ser utilizado em promoções relâmpago ou enquetes, por exemplo.

ilustração loja virtual

Divulgação eficaz de uma loja virtual requer um conjunto de procedimentos

O que falamos sobre a frequência de postagens no blog também vale para as redes sociais – criar um calendário de postagens é a melhor forma de fazer isso.

Para não exagerar nos posts publicitários, utilize o Princípio de Pareto: 80% dos posts com conteúdos interessantes e com potencial de engajamento, e 20% de caráter institucional, ou seja, falando sobre seus produtos e/ou serviços.

Nas redes sociais, você vai mostrar os benefícios do seu produto para as pessoas, entregar informações úteis e interagir com elas. O objetivo é criar um relacionamento, o que vai tornar o processo de vendas muito mais fácil.

E-mail marketing continua em alta

O e-mail marketing ainda é uma ferramenta que garante bons resultados com pouco investimento. Algumas soluções de lojas virtuais oferecem a criação de e-mail marketing no pacote, como a VirtUol e a Cielo; se não for o seu caso, há alternativas grátis, como o Mailchimp.

Para criar um e-mail marketing, você poderá usar layouts semiprontos, mas, novamente, você terá de produzir conteúdo de qualidade e estabelecer uma frequência – mensal ou quinzenal, por exemplo.

Esteja atento para as regras antispam: envie o e-mail somente para os clientes que o autorizarem a isso, e coloque a opção de sair da lista. Para captar os contatos, você pode:

  • Deixar uma mensagem de “assine nossa newsletter” no final do formulário de cadastro dos clientes e nas páginas do seu site.

  • Ativar o botão “cadastre-se” no perfil de sua loja no Facebook e fazer posts convidando as pessoas a se inscreverem para receber novidades e ofertas.

Com o e-mail marketing, você tem acesso direto aos seus clientes. É uma oportunidade e tanto de manter o relacionamento e de fidelização.

Google Ads é opção paga

Os links patrocinados do Google Ads são um tipo de anúncio virtual, aqueles que aparecem nos resultados do Google com um “Ad” (do inglês advertisement) na frente. Eles são inseridos também em blogs e sites que tratam de assuntos relacionados, e podem ser vistos por milhares de pessoas.

Por serem anúncios, os links patrocinados requerem pagamento, o qual varia de acordo com o que é anunciado.

Na criação do anúncio, são utilizadas palavras-chave relacionadas à forma como as pessoas buscam aquele produto ou serviço, e cada palavra-chave tem um preço diferente, de acordo com o volume de buscas.

33%

Porcentagem de internautas que fazem compras online pelo smartphone

Ao criar um anúncio, você deve definir o perfil do público, segmentando gênero, idade e localização, por exemplo. O ideal é criar mais de um anúncio e verificar qual deles tem o melhor desempenho ao longo de um determinado período.

Anuncie nas redes sociais

Conquistar seguidores de forma orgânica, sem anunciar, costuma demorar. Para alcançar um maior número de pessoas mais rapidamente, você pode criar posts promovidos no Facebook, Instagram, YouTube, LinkedIn e Twitter.

Para garantir resultados, é preciso manter uma periodicidade nas postagens, que irá depender do canal usado e de sua disponibilidade.

Os anúncios no LinkedIn e no Twitter são criados nas próprias plataformas.

No Facebook Ads, você cria anúncios tanto para a própria rede quanto para o Instagram, que também pertence ao Facebook.

Para anunciar no YouTube, o caminho é via Google Ads.

Todos eles têm tutoriais, e não há valor mínimo para o investimento. As ferramentas para anunciantes dispõem de dados estatísticos completos, que irão te ajudar a entender melhor o seu público e criar anúncios cada vez mais eficazes.

Não se esqueça da sua loja física

Se você possui uma loja física, lembre-se que ela e sua loja virtual são parte do mesmo negócio. Assim, informe no site o endereço da loja física, e promova seu e-commerce no seu ponto físico.

Para o segundo caso adicione o endereço da sua loja virtual em cartões de visita, folders e demais materiais impressos.

Por que abrir uma loja virtual?

Busque ajuda ou informe-se para divulgar a sua loja virtual

Caso você tenha orçamento, é indicado recorrer a uma agência ou profissional de marketing digital para fazer o trabalho de divulgação da sua loja virtual.

Se você vai fazer isso sozinho, dedique um tempo para estudar, planejar a divulgação e preparar o conteúdo necessário. Há muita informação disponível na internet para quem quer aprender a divulgar a sua loja virtual, inclusive cursos gratuitos ou com valores bem acessíveis.

Quaisquer que sejam suas ações de divulgação, é importante acompanhar os resultados. As redes sociais, ferramentas de e-mail marketing e de anúncios fornecem relatórios de desempenho para que você saiba o que tem dado certo e o que precisa melhorar.

O comportamento do consumidor online muda com frequência, e mesmo os profissionais da área estão sempre olhando tudo de perto para potencializar resultados.