Nossa avaliação(4.5/5)

PicPay é uma carteira digital fundada por uma startup brasileira que permite receber e fazer pagamentos em um estilo parecido ao que é oferecido pelo PayPal e seus concorrentes.

Esta pode ser uma alternativa interessante para autônomos e empreendedores em busca de formas alternativas para receber pagamento. No entanto, fique de olho: o seu cliente também precisa ter o app para que a venda seja realizada, o que torna o público atendido mais limitado.

PicPay PRO
Taxa de crédito 1,99%*
Taxa de parcelamento A partir de 7,79%
Saldo instantâneo
Formas de pagamento crédito  à vista, parcelamento ou saldo virtual (não recebe débito ou cartão refeição)
Cartões VisaMastercardAmerican ExpressEloHipercard

* valor promocional.

O que é o PicPay PRO?

O micro empreendedor autônomo interessado em usar o PicPay PRO deve primeiro baixar o aplicativo gratuito no site da empresa, ou no Google Play ou App Store para celulares e tablets Android ou iOS, respectivamente – o app não está disponível para Windows Phone.

Comparamos: PicPay ou Mercado Pago

Em seguida, você irá criar o seu perfil e ativar, no menu, as funcionalidades PRO. Qualquer conta bancária pode ser cadastrada com a PicPay, desde que o CPF da conta PicPay e corrente seja o mesmo. O celular do vendedor também deve ser verificado após o download para que o acesso aos fundos seja liberado sem problemas.

App PicPay mostrando transferencia

PicPay PRO é uma forma alternativa para receber pagamentos

A transação acontece de celular para celular e é realizada pelo cliente e não pelo vendedor.

Ambos devem ter o app instalado para que o pagamento aconteça, o que garante maior segurança para o vendedor, já que este não tem que lidar com dados sigilosos dos clientes.

Porém, isso também limita o uso da ferramenta apenas para os clientes que contam ela já instalada.

O vendedor PRO não tem que enfrentrar o limite de transação mensal de R$800,00, imposto pela empresa para transações via conta comum como forma de coibir o uso indevido ou criminoso do aplicativo.

Caso deseje desistir de ser PRO, você só precisa acessar a opção Ajustes, no app, e então, escolher a opção Deixar de ser PRO e confirmar.

 

Maquininha ou PicPay? Descubra a melhor forma de receber pagamento

Empresa cobra apenas taxa sobre vendas realizadas

A PicPay não cobra mensalidade, nem taxa de inscrição, saque ou aluguel. O único valor a ser pago pelo vendedor é aquele sobre as vendas realizadas: 1,99% (valor promocional).

Já em caso de parcelamento, a taxa segue uma tabela específica. Esta começa em 7,79% para 2 vezes e segue aumentando até 17,87% para 12 vezes. Veja tabela completa a seguir:

2 vezes 7,79%
3 vezes 8,77%
4 vezes 9,76%
5 vezes 10,75%
6 vezes 11,75%
7 vezes 12,76%
8 vezes  13,77%
9 vezes  14,79%
10 vezes 15,81%
11 vezes 16,84%
12 vezes 17,87%

A taxa de parcelamento pode ser paga por você ou repassada pelo cliente direto no app da empresa.

E, em qualquer caso, o valor das vendas é liberado em sua totalidade instantaneamente.

O vendedor PRO pode aceitar pagamento via cartão de crédito Visa, Mastercard, Elo, American Express e Hipercard, uma seleção pequena, mas significativa.

O seu cliente também poderá usar o saldo da conta virtual.

Cartão de débito não é aceito, nem cartões refeição ou benefícios.

O valor total das vendas cai na conta virtual do vendedor, de onde o saldo pode ser transferido para a conta bancária pelo vendedor.

Assim, é preciso aguardar pela transferência bancária para ter acesso ao dinheiro, da mesma forma como acontece com as maquininhas de cartão da PagSeguro.

Outras formas de aceitar pagamento estão disponíveis

O PicPay também pode ser aceito como forma de pagamento de outras maneiras, como para o pagamento à distância em caso de delivery. Ele também pode ser usado pelo seu cliente para pagar por compras feitas via Facebook.

Comparamos: PicPay ou PagBank?

Empresas com loja física cadastradas com a PicPay podem oferecer crédito na primeira venda como forma de atrair clientes. As compras contam para o programa fidelidade disponível e seus clientes poderão deixar avaliações dos seus produtos e serviços no próprio app.

A lista de empresas cadastradas consta na aba Locais no app do cliente PicPay, uma facilidade no caso deste querer dar preferência a estabelecimentos comerciais que ofereçam essa modalidade de pagamento.

Ao chegar à loja, ele terá a opção de escanear o código QR da mesma, usando a função Scanner do aplicativo e digitar o valor a ser pago. A transação é confirmada via senha.

PicPay App no celular mostrando avaliações de clientes

Clientes podem deixar avaliações das empresas e serviços no app

PicPay Empresas é solução para quem tem loja física

Além do PRO, a PicPay conta com a solução Empresas, voltada para quem tem loja física e um volume regular de vendas.

Neste caso, você terá que solicitar a adesão e passar por uma análise cadastral. Caso seja aprovado, a sua empresa passa a contar da lista de lojas disponível no app e seus clientes poderão pagar pelas compras direto pelo app, sem ter que passar pelo caixa.

Já a taxa de transação depende do número de dias que você pode esperar pelo recebimento dos saldos, podendo variar de 1,99% para saldo em 1 dia útil (valor promocional) até 0% para quem pode aguardar 80 dias pelo dinheiro – mas vale a pena questionar a empresa para saber se não haverão outros custos.

PicPay: análise completa do aplicativo

Empresa tem índice Ótimo no Reclame Aqui

A startup tem se dedicado ao atendimento ao cliente e melhorou a sua nota no Reclame Aqui. Ela vem mantendo o índice geral “Ótimo” a mais de um ano.

Um dos motivos disso são os altos números de pessoas que afirmaram que voltariam a fazer negócio com a empresa e do índice de solução. Nos últimos seis meses, 100% das reclamações registradas foram respondidas.

Quanto à segurança, a empresa informa que todos os dados são criptografados e armazenados em servidores seguros, e que segue as normas e padrões de segurança de dados PCI.

Como você deve ter percebido, o modelo de pagamento direto entre vendedor e cliente da PicPay também quer deixar para trás as diversas opções de maquininhas para celular disponíveis no mercado, oferecendo uma alternativa diferenciada. Resta saber se ela vai chegar lá.