• Mulher pganado em com Android Pay via NFC em maquina de cartao

Samsung Pay, Apple Pay, Android Pay: já é hora de receber pagamento com eles?

Por |2018-09-27T10:08:28+00:0013/06/2018|Tags: , , , , |

Novas soluções em pagamento móvel via tecnologia NFC ou contactless (sem contato) estão chegando ao Brasil. Gigantes do ramo, como Apple, Samsung e Google, estão de olho nos milhões faturados com este tipo de transação, que traz a vantagem de tornar o pagamento mais rápido e prático tanto para vendedores quanto para clientes.

E, você, pequeno empreendedor, autônomo, micro ou pequeno empresário, deve estar tentando entender o que é  Samsung Pay, Apple Pay e Android Pay, e se precisa mesmo se preparar para receber este tipo de pagamento. Vamos discutir isso a seguir.

Apple Pay: autenticação com impressão digital

O Apple Pay funciona com iPhone a partir da versão 6, os modelos mais novos do iPad, e Apple Watch para pagamento direto a vendedores e varejistas, e  já está em uso em diversos países do mundo. Por aqui, ele pode ser usado por quem tem um cartão de crédito norte-americano associado à sua conta iTunes e por quem tem conta no Itaú, Bradesco ou Banco do Brasil.

Mão com celular confirmando pagamento em máquina de cartão

Com o Apple Pay, a confirmação do pagamento é feita por impressão digital

Para que o pagamento com Apple Pay seja efetivado com sucesso, é preciso que o vendedor conte com um leitor ou máquina de cartão (móvel ou fixa) que receba pagamentos via NFC. O cliente aproxima o seu aparelho do leitor, e pressiona o Touch ID do iPhone (se for o caso). Este dispositivo fará o reconhecimento da impressão digital do cliente e autorizará o pagamento.

Mais informações sobre o Apple Pay, você encontra neste texto aqui.

Samsung Pay: dispensa leitor com NFC

Outra opção em pagamento móvel já disponível no Brasil é o Samsung Pay.

O sistema da Samsung funciona da mesma maneira que os seus concorrentes. No entanto, o Samsung Pay também pode ser aceito por  leitores e em máquinas de cartão sem tecnologia NFC – já que esta não é a única opção para pagamentos por aproximação.

Mão segurando celular mostrando código gerado após compra

Código é gerado para cada compra realizada com o Samsung Pay

Neste caso, basta que a sua máquina aceite transações sem contato – possivelmente, via Transmissão Magnética Segura (MST, em inglês). Desta forma, é ampliado o acesso de vendedores e lojistas a esse tipo de pagamento.

A novidade está disponível para 40 modelos Samsung (sendo que nem todos estão disponíveis no Brasil), que já saem de fábrica prontos para aceitar este tipo de pagamento – o app é disponibilizado gratuitamente.

O Samsung Pay funciona com os cartões das bandeiras Visa e Mastercard emitidos pelos bancos: Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Inter, Neon, Bancoob, Banrisul, Brasil Pré-Pagos, Caixa Econômica Federal, Next, Porto Seguro e Santander, além dos cartões de benefícios da Ticket.

Saiba mais sobre como funciona o Samsung Pay.

Android Pay: pagamento mais rápido

O Android Pay, atualmente conhecido como Google Pay, é a solução da Google que busca competir de forma mais eficiente no mercado de pagamentos móveis , já que a carteira digital Google Wallet não parece ter conquistado muitos seguidores.

Imagem ilustrativa com fundo azul de dois celulares mostrando uma transação sendo realizada com o Google Pay

Google Pay permite pagamento em apps, sites e lojas físicas

Esta solução também exige que o terminal de pagamento tenha tecnologia NFC ou contactless. Mas, o procedimento acontece de forma mais rápida que com o Apple Pay para compras de baixo valor aquisitivo, pois basta o celular estar destravado para permitir a compra.

Como o próprio nome já deixa claro, o Android Pay está disponível para aparelhos Android, e isso deve tornar a solução bastante popular no Brasil, onde esse sistema operacional responde pela maioria dos celulares em uso.

Outra vantagem do Android Pay é a possibilidade de adicionar e usar pontos fidelidades e cartões-presente como forma de pagamento. A solução já chegou ao Brasil, mas apenas para poucos cartões e bandeiras.

Leia mais sobre o Android Pay no Brasil.

Segurança e parceira com bancos e cartões: desafios do contactless

Mais do que a tecnologia em si e a necessidade de despertar o interesse de clientes e vendedores, soluções como Apple Pay, Samsung Pay e Android Pay enfrentam dois desafios maiores: a segurança e a formação de parceria com bancos e administradoras de cartões de crédito.

No quesito segurança, o NFC/contactless tem despertado a preocupação de diversos especialistas, que desconfiam da qualidade das medidas de segurança tomadas pelas empresas desenvolvedoras de pagamentos móveis.

Já no quesito parceria, o fato é que este tipo de pagamento só pode ser efetivado por meio de acordos previamente estabelecidos com bancos e administradoras de cartões de crédito.

E, além de confiança não ser algo criado no mercado financeiro de uma hora para outra, existe o fato de que muitas instituições financeiras contam com suas próprias soluções em pagamento móvel, e podem não ter interesse em apoiar um possível concorrente.

Devo investir agora nessas soluções de pagamento sem contato?

Assim, você pode estar se perguntando se precisa mesmo se preocupar com elas de imediato. E a resposta é que isso vai depender muito do perfil do seu cliente. Assim:

  • Se o seu cliente é mais exigente, de poder aquisitivo mais alto, e adepto de novas tecnologias, é bom você se preparar o quanto antes. Ele pode já contar com tudo o que precisa para usar uma das alternativas.  Mesmo que isso se torne apenas mais uma moda, você irá demonstrar profissionalismo, inovação e versatilidade ao disponibilizar essas opções de pagamento para seus clientes.

  • Se este não é nem de longe o perfil de seu cliente, talvez seja interessante aguardar para ver como o Apple Pay, Samsung Pay e Android Pay vão (ou não) se consolidar no mercado brasileiro, antes de investir em novos equipamentos leitores de NFC/contactless.

  • Mas, se você ainda não tem um leitor ou máquina de cartão, e está se preparando para adquirir um, é interessante que você invista em um já preparado para receber pagamentos via tecnologia NFC ou contactless. Fatalmente, isso será importante para o seu negócio, mais cedo ou mais tarde. A maioria das máquinas de cartão da Cielo e Rede já vem com essa opção, bem como as do PagSeguro.