• Celular mostrando logomarca Samsung Pay, outro mostrando o app com a máquina de cartão e outro confirmando senha em unco amarelo e azul

Samsung Pay: aprenda a receber pagamentos via celular do cliente

Por |2018-09-25T10:58:10+00:0025/09/2018|Tags: |

O serviço de pagamento móvel Samsung Pay tem crescido no Brasil desde o seu lançamento em 2016. Gratuito e fácil de usar, ele está disponível em qualquer lugar que aceite pagamento com cartão de crédito, débito ou benefício por aproximação (NFC ou contactless).

Mas, será que ele traz algum benefício para você, pequeno empreendedor? Vamos analisar isso a seguir.

Como funciona o Samsung Pay

Para usar o Samsung Pay, seu cliente precisará ter um aparelho Samsung Galaxy ou Gear com tecnologia NFC ou MST, pois ambas permitem o pagamento por aproximação.

Mão segurando celular mostrando código gerado após compra

Um token (código) é gerado para cada compra diferente

E, no caso de querer usar cartão refeição, seu cliente vai precisar de um celular compatível com cartões Ticket.

Primeiro, ele irá baixar e instalar o aplicativo no smartphone. Em seguida, irá criar um cadastro na  Samsung Account (caso ainda não tenha), e fazer a verificação da impressão digital.

O cadastro e validação dos cartões também podem ser feitos por meio do aplicativo, clicando em “adicionar cartão de crédito ou débito”, tirando uma foto do cartão e inserindo as informações do mesmo.

Seu cliente pode cadastrar até 10 cartões de débito e/ou crédito na sua conta Samsung Pay e escolher na hora com o qual irá fazer o pagamento.

Como aceitar pagamentos com o Samsung Pay

Na hora do pagamento, o cliente irá selecionar o cartão que será usado, autorizar o uso por impressão digital, íris ou PIN (senha), e aproximar o celular da maquininha de cartão.

Ou seja para oferecer essa forma de pagamento, você terá que ter uma maquininha com a tecnologia NFC ou MST.

Em alguns casos, a senha ou o código de segurança do cartão podem ser solicitados, a depender da máquina.

Assim, você precisa contar com uma maquininha de cartão que aceite pagamentos sem contato (por aproximação).

Hoje, via de regra, as máquinas tradicionais da Cielo, Rede e Getnet saem preparadas para aceitar pagamentos via celular de fábrica.

Pessoa colocando o dedo no celular para reconhecimento da impressão digital para autorizar compra com o Samsung Pay

Samsung Pay  é autorizado mediante autenticação por impressão digital

Mas você pode optar também por modelos alternativos, como as maquininhas da Bin, PagSeguro e Acqio.

Esse sistema é seguro, pois, além da autenticação, o Samsung Pay gera um token (código) para cada compra sem usar os dados do cartão de seu cliente. Além disso, a empresa usa a solução Samsung KNOX, que protege as informações dos clientes contra hackers.

Quanto custa vender com o Samsung Pay?

Essa solução é totalmente gratuita para o seu cliente, e você irá pagar apenas as taxas usuais de débito, crédito à vista e parcelado contratadas com a sua maquininha de cartão.

O Samsung Pay funciona com cartões Visa e Mastercard de todos os grandes bancos do país: Banco do Brasil, Bradesco, Inter, Itaú, Neon, Bancoob, Banrisul, Brasil Pré-Pagos, Caixa Econômica Federal, Next, Porto Seguro e Santander, E também funciona com os cartões de benefícios da Ticket.

O Veredicto

O Samsung Pay oferece muitas vantagens aos clientes, como não precisar sair de casa carregando seu cartão, transação mais rápida e segura, acumular pontos com o Samsung Rewards, cupons de desconto, entre outros.

Mas, para o microempreendedor nada muda, pois as taxas sobre vendas realizadas ainda serão as mesmas. Mas, é possível que você venha a poder atender a um maior número de clientes, especialmente turistas estrangeiros.

Além disso, a empresa tem parceria com os principais bancos, aceitando assim diversos cartões inclusive refeição, uma vantagem para quem está no ramo de alimentação. É fato que a maioria das pessoas ainda não tem o hábito de deixar o cartão em casa, mas essa realidade pode mudar e é bom se manter atualizado.

Aprenda mais sobre a Samsung Pay e seus concorrentes Apple Pay e Google Pay neste artigo aqui.