O pagamento digital por celular oferece uma alternativa aos cartões de crédito e débito. E o número de usuários que optam por essa solução tem crescido a cada ano.

Hoje temos duas tecnologias para pagamento com celular por aproximação: NFC (Near Field Communication) e MST (Magnetic Secure Transmission). Ambas precisam de um sistema de ponto de venda (POS), mas há um diferencial importante entre ela que permite o pagamento até mesmo em POS um pouco mais antigo.

NFC é limitado a alguns celulares

NFC é uma tecnologia de comunicação que exige que ambos equipamentos (celular e POS) tenham essa solução de fábrica, para concretizar um pagamento.

Todos os celulares top de linha (e até mesmo alguns intermediários), entre eles os de marca Samsung e Apple, já contam com essa tecnologia de aproximação para pagamento.

Quanto ao POS, boa parte ainda não possui a tecnologia NFC, mas as operadoras de meios de pagamentos têm investido na substituição destes equipamentos pode modelos mais modernos.

Não sabe o que é NFC? Então leia esse artigo aqui.

O segredo do MST

A tecnologia MST (em português: Transmissão Magnética Segura) é bastante antiga, pois ela foi criada para leitura da tarja magnética dos cartões de crédito e débito – aquela faixa preta contida até hoje em todos os cartões.

Hoje, os cartões estão mais seguros já que contam com a leitura de chip. Mas, ainda assim, permanecem com a famosa tarja magnética. Todo POS, novo ou antigo, tem a tecnologia MST de fábrica.

Ilustração mostrando pagamento sem contato com entre celular e máquina de cartão, com pessoas sentadas em uma mesa

Pagamentos com MST ou NFC podem ser feitos direto do celular

A Samsung foi o único fabricante a acrescentar esta tecnologia nos seus aparelhos celulares habilitados para o sistema Samsung Pay. Este sistema de pagamentos via celular foi desenvolvido para trabalhar com NFC, mas, ao mesmo tempo, trabalha também com MST. Isto porque ainda há muito equipamento POS no mercado, sem a tecnologia NFC.

Trabalhando com ambas tecnologias, o Samsung Pay consegue atingir uma gama muito maior de negócios, pois o comerciante pode receber este tipo de pagamento sem a necessidade de trocar de POS.

Conheça os relógios com tecnologia NFC.

Diferença entre MST e NFC

O funcionamento da tecnologia MST é bastante parecido com o NFC, pois ambos precisam se aproximar do POS para efetivar a transação de pagamento. A diferença básica é o tipo de comunicação: MST através do sinal magnético e NFC através de rádio frequência.

Ambas as tecnologias MST e NFC contam com criptografia para proteger as transações financeiras.

Esta diferença altera o posicionamento da recepção do sinal no POS. Na maioria destes equipamentos que contam com NFC, esta acontece próxima à saída da bobina de papel.

Já no MST, a localização é lateral justamente onde, no passado, o cartão de crédito era “deslizado” para capturar as informações.

Poucos estabelecimentos têm conhecimento de que a maioria dos equipamentos POS podem receber pagamentos via Samsung Pay, através do MST. Não é preciso nenhuma configuração especial.

O processo de recebimento do pagamento é o mesmo para um cartão de crédito ou pelo celular: o usuário aproxima o celular na lateral do equipamento POS, o atendente informa o valor, o método de pagamento e, por fim, o usuário digita a senha para realizar o pagamento. Simples assim.

Qual das tecnologias é mais segura?

Quando falamos em novas formas eletrônicas de pagamento, a segurança sempre é um item que preocupa. Mas ambas as soluções oferecidas pelos fabricantes contam com criptografia para proteger as transações financeiras.

Para transações de pequeno valor, até R$50, a transação é aprovada automaticamente. Nos valores maiores, é solicitada a senha a ser digitada no POS.

E além da senha, o aplicativo sempre solicita a confirmação pela digital ou através da íris do usuário no celular. Essas confirmações protegem o usuário de eventuais perdas do aparelho ou mesmo em caso de roubo.

Enfim, quem é melhor: NFC ou MST?

Atualmente a tecnologia MST leva vantagem porque está habilitada em todos os POS disponíveis no mercado. Com isso, o Samsung Pay consegue atingir um número maior de usuários.

Mas ambas são tecnologias seguras e facilitam o nosso dia a dia garantindo agilidade às nossas transações financeiras.