WooCommerce e Shopify são as plataformas de e-commerce mais utilizadas para a criação de lojas virtuais.

Uma é conhecida por ser gratuita e a outra por oferecer uma solução completa e fácil de usar.

Qual é a melhor? Quais são os custos reais? Veja nesta comparação qual é o sistema mais adequado para a sua loja.

Shopify Woocommerce
solução completa e self-hosting para loja virtual plugin para criação de loja virtual no WordPress
código fechado código aberto
cobra assinatura mensal não cobra assinatura mensal
cobra taxa de transação não cobra taxa de transação
inclui domínio e hospedagem não inclui domínio ou hospedagem

Diferenças entre Shopify e WooCommerce

A primeira diferença é básica: o Shopify é um ambiente próprio, enquanto o WooCommerce faz parte do ecossistema WordPress, um projeto livre e de código aberto – qualquer pessoa pode usá-lo livremente e até modificar o código.

Se por um lado o WooCommerce para WordPress aposta nas vantagens do seu sistema aberto – com uma oferta praticamente infinita de extensões e modelos – por outro, coloca usuários menos experientes diante de uma série de riscos e problemas. Estes podem surgir, por exemplo, no gerenciamento da parte técnica e no uso indiscriminado de extensões gratuitas.

Em seu sistema fechado, Shopify tem maior controle sobre produtos e serviços de terceiros, o que pode refletir em uma melhor qualidade. Isto não significa que ele seja absolutamente livre de falhas, mas garante maior segurança, principalmente aos usuários menos experientes.

Temas grátis Shopify

Shopify oferece temas (templates) profissionais para loja virtual

Há ainda importante diferenças com relação ao ambiente de trabalho. Shopify é uma plataforma “tudo em um” que inclui tudo (ou quase tudo) de que você precisa para abrir uma loja virtual.

Por outro lado, o  plugin para WordPress WooCommerce fornece apenas a plataforma de gerenciamento da loja virtual. Você terá que pensar em todo o resto: desde a hospedageml da loja até os certificados de segurança, passando pelo domínio do site (o endereço) e também pelas configurações técnicas.

Em resumo, o Shopify possibilita montar uma loja virtual rapidamente, enquanto o WooCommerce exige mais tempo e certa experiência em construção de sites. Mas, se você entender de programação, terá controle total sobre a sua loja virtual com o WooCommerce.

Como começar a usar cada plataforma

Começar sua loja virtual com o Shopify é muito simples. Você se cadastra no Shopify  e usa o teste grátis por 14 dias ou seleciona direto seu plano de assinatura.

Isa o teste grátis é uma boa ideia, pois permite que você entenda como funciona a interface e comece a criar o seu e-commerce antes de se comprometer com o pagamento. O cadastro pode ser feito tanto por pessoas físicas quanto jurídicas.

Os usuários têm um domínio de terceiro nível gratuito (por exemplo, nome-da-loja.myshopify.com). Porém, você tem a possibilidade de comprar um domínio de segundo nível (por exemplo, www.nomedaloja.com.br), deixando o endereço do seu site mais personalizado.

Ao comprar o domínio através do Shopify, você não precisará sequer configurar o link: a parte técnica é gerenciada pela plataforma. Isso ajuda quem não tem experiência com as configurações.

Temas Woocommerce

Plugin WooCommerce também tem templates modernos para loja virtual

Já com o WooCommerce você não precisará fazer nenhum cadastro nem pagar assinatura. Porém, o restante do procedimento é mais complexo. Como dissemos, você terá que cuidar de cada aspecto da construção e configuração do site.

Primeiro, você precisa assinar um plano de hospedagem para obter o “espaço” no qual a loja será hospedada. No Brasil, existem várias empresas que oferecem este serviço. Depois dessa escolha, você terá que instalar o WordPress. Após a instalação do CMS (Sistema de Gestão de Conteúdos), finalmente, será possível baixar o plugin do WooCommerce.

A disponibilização do domínio não será automática. Antes de iniciar a loja, você precisará registrar seu endereço virtual usando algum serviço específico, se o serviço de hsopedagem não incluir essa opção. Por fim, você deve certificar-se de que o certificado de segurança SSL está incluido no serviço de hospedagem. Se não estiver, terá que assinar esse serviço também em separado. Isso é essencial para garantir a segurança da loja e dos clientes.

Criação da loja virtual

A configuração inicial da página é seguida pela configuração da loja em si. Esta fase consiste, essencialmente, na criação do catálogo e na personalização do tema, ou seja, a parte do site visível para o público  (front-end).  Nestes aspectos, os dois concorrentes são muito parecidos.

Escolha do tema

É possível encontrar diversos temas (templates) no painel  de cada plataforma, entre opções gratuitas e pagas.

O WooCommerce, por seu código aberto, tem uma gama muito ampla de temas. A loja Shopify é mais seletiva. Mas, a escolha do tema não garante que ele será totalmente eficiente: o risco de se deparar com temas livres com bugs e defeitos de vários tipos é alto.

app Shopify POS

Loja Virtual Shopify funciona bem em qualquer aparelho

Em geral, a recomendação para as duas plataformas é adquirir um tema pago (Geralmente, a assinatura é paga uma única vez). Isso garante um bom nível de desempenho, suporte e atualizações.

Para instalar o modelo, basta um clique. No WooCommerce, também é possível instalar a partir de um arquivo zipado.

Customização

A personalização do tema é essencial, pois permite apresentar aos visitantes e clientes potenciais uma loja virtual que reflete a personalidade da marca e, acima de tudo, a distingue de outras lojas virtuais na internet.

As duas plataformas contam com um painel para personalização, que é apresentado na forma de um menu no lado esquerdo da tela. Enquanto você faz as mudanças, é possível ver (no lado direito) como a página será exibida – e o resultado em tempo real das mudanças feitas.

Nem o Shopify nem o WooCommerce oferecem o modo integrado de arrastar e soltar, ideal para aqueles que acham difícil o método mencionado acima. Porém, isso pode ser adicionado – basta instalar um dos muitos plugins disponíveis nas respectivas lojas.

Por fim, você também pode mudar o código do tema em ambas as plataformas. Mas, o WooCommerce, como é natural para um programa de código aberto, oferece controle total sobre a fonte, não apenas do tema, mas também da própria plataforma de gerenciamento – saiba mais sobre WooCommerce.

Catálogo de produtos e gestão de vendas

As duas plataformas contam com um sistema similar de cadastramento de produtos no catálogo. Há dois métodos disponíveis: inserção de um único produto ou inserção em massa através de um arquivo csv (Planilhas).

Nas fichas de produtos, você insere o título, a descrição, as imagens, as características variantes, os preços e os descontos. Além disso, você também gerencia as configurações SEO da página.

Se você usar a inserção de produtos em massa, a partir de arquivos, terá um pouco de trabalho para obter um resultado melhor. Nestes casos, será necessário modificar as abas individuais posteriormente, para que você possa adicionar imagens, otimizar a página para mecanismos de busca e ter mais controle sobre o resultado que aparece aos visitantes.

Registro de produtos WordPress Woocommerce

É fácil listar produtos na loja virtual WooCommerce

As duas plataformas permitem gerenciar e controlar seu inventárioQuando um produto estiver fora de estoque, um aviso (“Não disponível”, “Esgotado” etc.) aparecerá após a configuração. Nas mesmas circunstâncias, o vendedor pode agendar o recebimento de uma notificação via e-mail ou aplicativo, de modo a ser informado, em tempo hábil, sobre o status do estoque do produto.

Também é possível receber uma notificação para cada venda feita. Se você escolher uma forma de pagamento compatível com a plataforma, poderá ser notificado também cada vez que um pagamento é feito.

Recursos adicionais

Muitos recursos adicionais podem ser integrados nas plataformas mediante instalação de plugins ou extensões. Com isso, você pode permitir que os clientes façam análises dos produtos e até mesmo criar uma janela de chat para tirar dúvidas dos visitantes em tempo real.

Assim como os temas, os plugins podem ser gratuitos ou pagos. Nesse caso, os pagos também levam vantagem, pois são mais seguros e bem construídos.

Loja Virtual Uol ou Shopify?

WooCommerce para WordPress não cobra assinatura

O fato de o WooCommerce para WordPress ser livre e aberto pode enganar e levar a uma escolha baseada na suposta economia. No entanto, apesar de o plugin ser baixado sem custo, todo o resto (domínio, certificados de segurança, temas) precisa ser adquirido à parte.

Já o Shopify oferece três planos de assinatura mensal que incluem todos os componentes necessários para a publicação e gerenciamento do site. Os valores e taxas são US$29 por mês e 2% de taxa de transação no plano Básico; US$ 79 por mês e 1% de taxa de transação no plano intermediário; US$299 por mês e 0,5% de taxa de transação  no plano Avançado.

Custos da Loja Virtual
Shopify Woocommerce
Plano Basic: US$29,00/mês + 2% por venda
(2 contas de usuário)

Plano Shopify: US$79,00/mês + 1% por venda
(5 contas de usuário)

Plano Advanced: US$299,00/mês + 0,5% por venda
(15 contas de usuário)

sem taxa de assinatura

1 conta de usuário
Inclui domínio + hospedagem Não inclui domínio nem hospedagem

O WooCommerce é gratuito para download, mas não oferece nenhum outro tipo de serviço além da plataforma de gerenciamento. Todo o resto terá que ser adquirido separadamente. Ou seja, você terá que pagar planos mensais ou anuais de hospedagem na web, registro de domínio, certificados de segurança etc.

Em resumo, com o WooCommerce você pode  economizar algum dinheiro. Mas, para oferecer aos seus clientes uma loja virtual de qualidade, há uma série de despesas extras que não poderão ser ignoradas. Por outro lado, se você já tem um site WordPress e quer agreagar uma loja à ele, o WooCommerce é o melhor plugin para isso (peça o plugin)

Shopify tem  mais opções de checkout

Nas duas plataformas é possível instalar checkouts, também chamados de gateways de pagamentos. Ou seja, utilizar interfaces externas, acopladas à sua loja virtual, para efetuar as transações financeiras. A boa notícia é que a lista de checkout compatíveis é grande tanto para o Shopify quanto para o WooCommerce.

O Shopify permite receber pagamentos através de transferências bancárias, boletos, cartão de crédito usando uma das 13 opções de checkout, tais como Mercado Pago, EBANX, PayPal e PagSeguro – todos estes métodos são populares no Brasil, além de vários outros menos utilizados.

Opções Checkout
(Gateways de Pagamento)
Shopify Woocommerce
Mercado Pago, PayPal, PagSeguro, Skrill, Ebanx, Adyen e outros 7 checkouts + cheque, transferência bancária e pagamento na entrega PayPal, PagSeguro, Mercado Pago, Stripe + cheque, pagamento na entrega, transferência bancária

Já o WooCommerce conta com checkouts na sua loja oficial de extensões. Ele já vem pronto para PayPal e você pode agregar PagSeguro, Mercado Pago ou Stripe para oferecer transações por boletos e cartões de crédito. Você também pode aceitar pagamentos por cheque, pagamento na entrega e transferência bancária.

Nos dois casos, a plataforma de pagamentos escolhida opera com taxas próprias e oferecem pagamento em reais e até em outras moedas.

Comparamos: WooCommerce ou Wix?

Atendimento ao cliente

Por ser gratuito e aberto, o WooCommerce não tem como prioridade oferecer suporte aos seus usuários. Portanto, se você tiver dúvidas ou dificuldades, terá que apelar para tutoriais na internet ou respostas da comunidade que utiliza a mesma plataforma.

Já o Shopify, por ser um serviço assinado, conta com suporte ao cliente. Este funciona por e-mail  e em português 24 horas por dia e 7 dias por semana. Também há uma seção de perguntas frequentes, tutoriais e vídeos que auxiliam no uso da plataforma leia mais sobre Shopify.

Nenhuma dessas empresas respondem reclamações no Reclame Aqui.

O Veredicto

Você tem experiência em programação e em construção de sites? Qual é o seu orçamento? Estas são as perguntas essenciais para decidir qual é a melhor plataforma para criar sua loja virtual.

O primeiro ponto diz respeito ao nível de familiaridade com as ferramentas da internet. Se você não tem experiência nenhuma com programação, sem dúvida deve optar pelo Shopify, que simplifica e reúne todos os passos essenciais. No entanto, o Shopify tem custos fixos, além da taxa sobre vendas realizadas, todos em dólar.

Já o WooCommerce permite economizar dinheiro, mas exigirá muita pesquisa para escolher os melhores serviços. Você deve ter muito cuidado com o funcionamento da plataforma, que para um novato pode ser complexo e difícil de aprender. Mas, se você já tem um site no WordPress e quer torná-lo um ecommerce, agregando uma loja de produtos, essa é a melhor opção para você não ter que recomeçar do zero.

Use Shopify se quiser:

  • Tudo de que precisa em um só lugar

  • Não depender de conhecimento técnico

  • Mais opções de checkout

  • Suporte 24/7

Use WooCommerce se quiser:

  • Não ter que pagar assinatura ou taxa sobre venda

  • Ter controle total sobre a loja virtual

  • Plugin grátis para site já existente