Nossa avaliação(3.8/5)
Maquininha de cartão para Grande São Paulo com taxas atraentes
A maquininha de cartão da Pagmoda, conhecida como “roxinha do Brás”, vem com a proposta de isenção de aluguel mediante faturamento mínimo e taxas atrativas para micro e pequenos empreendedores da grande São Paulo. Veja a seguir a análise que fizemos dessa nova solução do mercado de pagamento com base em informações vindas de empreendedores que a usam e contatos com o suporte da empresa.
  • Prós: Taxas baratas. Boa qualidade técnica. Possível taxa zero.

  • Contras: Disponível apenas na Grande São Paulo. Aquisição e informações sob consulta. Atendimento limitado. Cobra tarifa extra sobre venda.

  • Alugue se: vender na Grande São Paulo e faturar mais de R$ 2 mil por mês.

Maquininha PagModa
Pagmoda
Taxa de aluguel: R$19,90
Taxa de adesão: R$10
maquininha de cartão com recibo para qualquer volume de vendas

Assim como as nossas outras análises de maquininhas com recibo, a análise que você via ler a seguir foi escrita seguindo os nossos critérios de avaliação (saiba mais).

Aquisição é via consultor

A proposta da maquininha Pagmoda é ser um produto com taxas acessíveis para pequenos e microempreendedores.

E, apesar de ter nascido no bairro do Brás em São Paulo e ter como público-alvo os lojistas da região, a empresa atende qualquer pessoa que atue na Grande São Paulo.

Mas, isso significa dizer que essa maquininha de cartão não pode ser adquirida por empreendedores de outros estados brasileiros, o que é uma limitação significativa.

Imagem: © Mobile Transaction

Bandeiras aceitas Pagmoda

Pagmoda atende apenas Grande São Paulo

O cadastro pode ser feito com CPF ou CNPJ. Porém, você vai precisar associar uma conta bancária para receber os pagamentos feitos na maquininha.

Para adquirir uma maquininha Pagmoda você precisa entrar em contato com a empresa pelo telefone ou WhatsApp e aguardar para que um consultor entre em contato com você.

Ou seja, não é possível finalizar a aquisição da maquininha diretamente de forma online. O prazo informado pela empresa para a entrega da maquininha é de 48 horas.

Maquininha Pagmoda gera QR Code

A roxinha do Brás é uma maquininha de cartão do modelo PAX S920, utilizado também pelas concorrentes Ton T3 e Moderninha Pro.

Essa maquininha vem com teclado físico e possui um visor de tamanho grande, colorido e touchscreen com iluminação própria, o que a torna ótima para ser utilizada também em ambientes com pouca luz.

Maquininha Pagmoda
Pagmoda
Conexão chip 3G ou Wi-Fi
Modelo PAX S920
Teclado físico
Tela touchscreen iluminado e colorida
Recibo impresso
Aceita cartão de chip, tarja, QR Code e pagamento por aproximação
Tamanho 15 (C) x 7,8 (L) x 4,4 (A) cm
Peso 330g

Ela realiza impressão de recibo e você ainda tem direito à reposição ilimitada de bobina pela Pagmoda. Isso é bem positivo, visto que é algo que você vai usar bastante. A empresa também oferece garantia ilimitada.

Em relação à conexão, a maquininha vem com chip de pacote de dados 3G e funciona também via Wi-Fi. Ou seja, não é necessário conectar a maquininha a um celular. Mas o chip não é multioperadora como o da máquina de cartão Yelly.

A tecnologia de pagamento por aproximação (NFC) está presente na roxinha do Brás, além de ela aceitar cartões com chip e de tarja e gerar QR Code.

Já a disponibilidade de pagamentos via Pix não é informada no site e nem nos manuais da empresa. Também não foi possível obter essa informação junto ao suporte.

Imagem: © Mobile Transaction

Maquininha Pagmoda recebendo cartão

Maquininha Pagmoda tem chip 3G e Wi-Fi

A Pagmoda divulga que a bateria é de longa duração, porém, o modelo PAX S920 costuma oferecer aproximadamente 6 horas. Este é um tempo considerado curto e que pode lhe prejudicar se você vende bastante no cartão e por um tempo mais longo.

Por exemplo, se seu intuito é utilizá-la para realizar entregas o dia todo, poderá precisar recarregar a bateria em algum momento.

Além disso, essa maquininha é um modelo considerado de tamanho grande, que a impede de ser colocada em um bolso, por exemplo. Ela pesa 330g e mede 15 (C) x 7,8 (L) x 4,4 (A) cm.

Mas se você precisa de uma maquininha para o balcão, ou então não tem problema para recarregar a bateria ao longo do dia, ela pode ser interessante para você.

Já se você quer priorizar praticidade na hora de transportar a maquininha, outras empresas que oferecem modelos mais compactos podem ser mais indicadas para seu caso.

Faturamento mínimo isenta aluguel

A maquininha de cartão Pagmoda segue o modelo com cobrança de taxa de aluguel, o que pode ser um custo fixo indesejável para quem é novo ou pequeno empreendedor. Porém, ela tem como diferencial a possibilidade de não ter que pagar essa taxa, o que é um ponto bastante positivo.

Por outro lado, para que isso aconteça, você precisa atingir um faturamento mínimo mensal de R$ 2 mil. Caso isso não ocorra, é cobrado, naquele mês, a taxa de aluguel de R$ 19,90. Este é um valor compatível com o que é praticado pelo mercado de máquinas alugadas.

Taxas fixas Pagmoda
Taxa de aluguel R$19,90
não é cobrada se faturar mais de R$2 mil por mês
Taxa de adesão R$10
Tarifa extra R$0,05 por cada venda

A empresa cobra ainda uma taxa de adesão no valor de R$10, que é cobrada uma única vez quando você realizar a primeira transação na maquininha (desconto no saldo).

Mas, como esse valor é exatamente descontado não foi possível esclarecer junto ao suporte. A Pagmoda não cobra taxa de cancelamento, mas outras empresas também não.

Se considerarmos que ela isenta a mensalidade, caso você atinja o faturamento mínimo, a empresa apresenta um produto competitivo para quem pode arcar com o custo fixo. Já quem prefere manter isso fora do fluxo de caixa, deve pesquisar entre as maquininhas com recibo sem aluguel.

Pagmoda tem ainda tarifa por cada venda

As taxas de transação Pagmoda só estão disponíveis sob consulta, o que é um ponto que pode ser negativo, visto que empresas concorrentes disponibilizam os valores abertamente nos sites.

De acordo com o atendimento, o repasse do saldo das vendas ocorre sempre em 1 dia útil na sua conta bancária cadastrada, seja qual for a forma de pagamento (débito, crédito à vista ou parcelado).

No site da empresa, consta também a opção de saldo 30 dias, mas esta não foi informada durante o nosso contato com o suporte.

De qualquer forma, para sacar o saldo, o faturamento diário precisa ser partir de R$55. Caso você não atinja este valor diário, o saldo das vendas ficará pendente e só será liberado em conta bancária quando for completado os R$ 55.

Além disso, a Pagmoda cobra R$0,05 por cada transação, independente da forma de pagamento. É um valor relativamente baixo, mas é um custo extra, que outros concorrentes não cobram. Você vai precisar avaliar na ponta do lápis se este gasto pode afetar seu negócio.

Taxas baixas no débito e crédito à vista

Para pagamentos no débito, a roxinha do Brás cobra 1,89% nas bandeiras Visa e Mastercard, as mais comuns no mercado, uma taxa mais barata que a de muitos concorrentes. Mas, ela cobra 2,89% nas demais, uma porcentagem alta.

Taxas de transação Pagmoda
Débito Visa e Master: 1,89%
Outros: 2,89%
Crédito à vista Visa e Master: 2,99%
Outros: 4,99%
Parcelamento 5,89% a 22,29% (2x a 12x)
Saldo  em 1 dia útil, direto na conta bancária

Quando o assunto é crédito à vista, os juros para Visa e Master são 2,99% e 4,99% para as outras bandeiras. Novamente, a taxa para Visa e Master é bem baixa. Para outros cartões, ela está na média do mercado para saldo total antecipado.

Parcelamento é competitivo

Ainda no contexto informado pela empresa de recebimento das vendas em 1 dia útil, a roxinha do Brás também não fica muito trás quando o tema é parcelamento.

Seus valores vão de 5,89% a 22,29%, referentes ao parcelamento de 2 a 12 vezes, respectivamente. A SumUp, para um prazo parecido de recebimento do saldo (2 dias), oferece taxa de 4,60% + 1,50% por parcela, o que dá como resultado valores que vão de 6,10% até 21,10%.

Taxa de Parcelamento
SumUp Pagmoda
(Visa ou Master)
Pagmoda
(outros cartões)
2x 6,10% 5,89% 6,89%
3x 7,60% 7,49% 8,49%
4x 9,10% 9,09% 10,09%
5x 10,60% 10,69% 11,69%
6x 12,10% 12,29% 13,29%
7x 13,60% 14,29% 15,29%
8x 15,10% 15,89% 16,89%
9x 16,60% 17,49% 18,49%
10x 18,10% 19,09% 20,09%
11x 19,60% 20,69% 21,69%
12x 21,10% 22,29% 23,29%

Ou seja, a maquininha da Pagmoda perde para a SumUp nas taxas de parcelamentos feitos a partir de 5 vezes.

Mas, as diferenças são decimais em muitos casos, o que faz com que a roxinha do Brás continue em boa posição, a não ser que o valor de seu produto ou volume de transações seja bastante alto – fazendo com que qualquer porcentagem crie uma grande vantagem.

Já quando se fala em outras bandeiras, a taxa de parcelamento Pagmoda sempre perde para a da SumUp. Assim, pense quais cartões são mais usados por seus clientes para saber qual a melhor opção para você.

Desde 2017, é permitido por lei fazer o repasse das taxas da maquininha para o cliente. A roxinha do Brás vem com essa função por meio da solução PagZero. Quando você fizer uma cobrança, vai poder selecionar na própria maquininha a opção de repassar diretamente as taxas para o cliente, sem precisar ficar fazendo as contas.

Falta clareza nas bandeiras aceitas

De acordo com o suporte, a maquininha da Pagmoda aceita todas as bandeiras de cartão de débito e crédito.

Porém, o site só indica as principais usadas no Brasil, que são Visa, Mastercard, Elo, Hipercard e Amex. Vouchers não constam nessa lista – ou seja, se você precisa recebê-los, essa não é uma boa opção para você.

Cartões Aceitos
VisaMastercardEloHipercardAmerican Express

A tabela de taxas disponibilizada pela empresa também não especificava quais eram exatamente as outras bandeiras. Essa falta de clareza, tanto no site quanto no atendimento, é algo que poderia ser aprimorado, visto que existem muitas opções de bandeiras no mercado.

Suporte não é 24h

Para falar com o suporte da Pagmoda, a empresa disponibiliza WhatsApp, telefone, formulário no site, redes sociais e até mesmo a possibilidade de atendimento presencial no escritório no bairro do Brás, em São Paulo capital.

Em minha experiência, por e-mail, os dois endereços eletrônicos disponibilizados pela empresa não funcionaram. Em um, as mensagens retornavam, pois o endereço não era encontrado.

No outro, não obtive resposta por mais de uma semana até o fechamento desse artigo. As tentativas foram feitas durante a semana em horário comercial.

Imagem: © Mobile Transaction

Tela da maquininha Pagmoda

Garantia Pagmoda é ilimitada

O formulário do site também deu erro em todas as tentativas. Por telefone, após fazer 3 tentativas em dias e horários diferentes, desisti da ligação depois de mais de 10 minutos de espera na linha.

Já no WhatsApp, consegui ser respondida em pouco tempo e o atendimento é humano (e não chatbot), mas minhas perguntas não foram esclarecidas por completo. Em uma segunda vez, não consegui atendimento.

O horário de atendimento informado pela Pagmoda é de segunda a sexta, das 07h às 18h e aos sábados, das 07h às 15h. Mas, não está claro se é válido para todos os canais. A garantia é ilimitada.

Levando em conta que maquininhas de cartão não escolhem hora para darem defeito, um atendimento com horário limitado pode ser um problema. Além disso, as soluções com aluguel costuma ter suporte 24h.

No entanto, é importante ressaltar que essa foi minha experiência como pessoa interessada e não como cliente de fato. Pode ser que, para os clientes com contrato assinado, o suporte seja superior.

Com apenas 1 ano de existência, a Pagmoda ainda não conta com perfil no Reclame Aqui.

O Veredicto

A maquininha de cartão Pagmoda apresenta taxas de transação mais baixas e competitivas em relação à concorrência. A qualidade técnica também é boa, apesar da bateria de baixa duração.

A possível taxa zero de aluguel mediante faturamento mínimo é um ponto positivo para quem já está estabelecido no mercado e sabe que pode vender o valor necessário por mês.

Por outro lado, ela só atua na região da Grande São Paulo, você precisará ter conta bancária, o atendimento deixou a desejar e não é possível fazer a contratação de forma rápida online. Você terá que atingir um volume de vendas diário para ter o saldo liberado em 1 dia útil e não há clareza no quesito bandeiras aceitas.

Assim, avalie bem antes de contratar essa maquininha e discuta possíveis vantagens específicas para o seu negócio quando o consultor Pagmoda entrar em contato com você.

Prós

  • Taxas baratas

  • Boa qualidade técnica

  • Possível taxa zero

Contras

  • Apenas para Grande São Paulo

  • Aceita poucas bandeiras

  • Aquisição e informações sob consulta

  • Tarifa extra sobre venda