O verão está chegando e com ele uma multidão de turistas estrangeiros deve desembarcar em diversas cidades brasileiras muito em breve.

E com a alta do dólar, o Brasil torna-se um destino ainda mais interessante para este tipo de turista, que pode comprar mais e pagar por um número maior de serviços por aqui com o mesmo valor em dólar.

E vale lembrar que este tipo de vantagem não é restrita apenas aos turistas vindos dos Estados Unidos, já que a maior parte das transações financeiras internacionais é feita em dólar americano, independente do país em que elas se  originam.

Se você tem o que vender para turistas estrangeiros, ou quer começar algo neste ramo, saiba que, para começo de conversa, terá que receber cartão de crédito internacional para garantir um número maior de vendas. E a razão para isso e como fazê-lo você vê logo a seguir:

Receba cartão e venda mais para turistas estrangeiros

Receber cartão de turistas estrangeiros pode ser essencial para que você possa lucrar mais neste verão, por motivos bem simples:

  • Eles andam com pouco dinheiro vivo em mãos.

  • Muitas compras acontecem de forma espontânea: o turista vê o produto ou serviço pela primeira vez e decide comprá-lo ali mesmo.

  • Eles podem contar com soluções inteligentes de pagamento e armazenamento de cartões, como o Coin.

Assim, seja por motivos de segurança, por dificuldades na hora de trocar a moeda, ou por não quererem sofrer perdas com trocas desnecessárias. o seu cliente estrangeiro pode não contar com o dinheiro necessário em mãos, já que não planejou a compra. Por isso, se você estiver pronto para receber cartão de crédito e débito, não perderá vendas deste tipo.

Contrate uma maquininha de de cartão para celular

Para receber cartão com segurança e praticidade, a melhor opção disponível no mercado é o leitor de cartão para celular. Este aparelho móvel permite que você aceite pagamentos no débito e no crédito inclusive de cartões emitidos fora do Brasil sem a burocracia enfrentada por quem tenta contratar uma máquina tradicional de cartão.

E a maioria dos modelos disponíveis não cobra mensalidade ou nenhuma outra taxa fixa. Ou seja, se você está contratando o leitor apenas de olho no verão, ou no Carnaval, não terá nenhum problema ao deixar a maquininha de lado durante os outros meses do ano – você só paga taxa sobre vendas realizadas.

Este é o caso de muitos maquinetas de cartão disponíveis no Brasil. E saiba que este tipo de solução já é bastante comum lá fora, por isso o leitor será bem aceito entre seus clientes estrangeiros, seja qual for o modelo escolhido.

Aceite cartão direto no celular

Outras opções disponíveis no Brasil permitem que você receba com cartão de crédito sem o uso de leitor para celular. No caso, você digita os dados do cartão de crédito em um aplicativo que você baixa no seu celular ou tablet e tudo acontece ali mesmo.

Esta solução é oferecida pela PagSeguro, PayPal, Bcash, entre outros.

Apesar de esta ser uma opção válida, algumas pessoas podem desconfiar deste tipo de pagamento, já que não há validação da identidade por meio de senha ou assinatura. Fique a seu critério e do perfil do seu cliente decidir se esta solução é mesmo interessante para você.

Fique atento às opções em pagamentos móveis

Além do cartão de plástico tradicional, seu cliente estrangeiro pode estar pronto para fazer pagamentos com outras modalidades móveis.

Entre estas, estão os pagamentos via NFC ou contactless, como o Apple Pay, Android Pay e o Samsung Pay.

Ainda que estas soluções não tenham desembarcado no Brasil por enquanto, nada impede que você receba pagamentos com eles desde que o seu leitor ou máquina de cartão aceite pagamentos sem contato – por aqui, a única opção disponível é o Zoop Mobile até o momento,  mas a iZettle promete trazer o seu modelo contactless para aqui muito em breve.

Mas, não há motivo para entrar em pânico. Mesmo lá fora essa tecnologia é nova, e o seu turista estrangeiro vai entender se você não oferecer essa opção de pagamento. O importante é que você saiba que elas existem e não fique sem resposta caso seja questionado sobre isso.

Fidelize o seu cliente estrangeiro

A depender do tipo de produto que você vende, não perca a oportunidade de fidelizar o seu cliente e continuar vendendo para ele, mesmo depois que ele voltar para o seu país de origem.

E mesmo que o seu produto seja de uso ou aquisição única (ou seja, ele não terá motivo para comprar um segundo item), nada impede que amigos ou parentes de seu turista estrangeiro interessem-se por ele, e decidam comprar um também.

Por isso, crie uma loja virtual e cadastre seu cliente estrangeiro para o recebimento de e-mails com novidades e novos produtos, os quais podem ser pagos online usando ferramentas como o PayPal, BCash, etc.

Ilustração de mal com bandeira do Brasil, Cristo Redentor e outros pontos turisticos

A entrega pode ser feita em qualquer país pelos Correios, e você continua vendendo mesmo após o período de férias –  entregue em contato com o Sebrae mais próximo e peça orientação sobre como manter seu negócio vivo exportando seu produto e recebendo pagamentos online.