Você quer usar uma maquininha de cartão que precisa de celular para funcionar para aceitar pagamentos, mas não sabe que tipo de smartphone precisa para essa tarefa?

Analisamos os principais modelos de celular disponíveis no mercado para trazer essa resposta para você.

Como a maquininha de cartão recebe pagamento via celular

Para que você entenda bem as necessidades técnicas que vamos explicar a seguir, vamos revisar brevemente como a maquininha de cartão aceita pagamentos via celular na prática.

Primeiramente, a maquininha deve ser pareada com o celular. Isso quer dizer que você irá ativar o Bluetooth do celular e permitir a conexão com a maquininha.

A comunicação e troca de dados no momento da venda será realizada pela conexão 3G/4G do celular, usando o pacote de dados contratado junto à operadora de celular. Outra opção é usar a conexão Wi-Fi se seu celular estiver conectado a um roteador wireless (sem fio).

Do que a maquininha de cartão precisa para funcionar

Analisando as principais maquininhas de cartão para celular disponíveis no mercado, você vai perceber que elas têm algo em comum:

Utilizam conexão Bluetooth para se conectar ao celular
Fazem pagamento e controle de vendas por meio de um aplicativo instalado em celular compatível com sistema operacional Android ou iOS

Isso significa dizer que o seu celular precisa ter qualquer versão de conexão Bluetooth.

Já a necessidade de um aplicativo indica que seu celular precisa ser do tipo smartphone com algumas configurações básicas de que falaremos mais adiante. Por que um smartphone? Um celular comum não permite a instalação de aplicativo e este item é primordial para a efetivação e controle das vendas com as maquininhas.

Verifique o sistema operacional do celular

Além disso, você precisa estar atento ao sistema operacional do aplicativo da maquininha de cartão.

Todas as maquininhas funcionam com sistemas Android (versão 3.0 ou superior) – você poderá baixar o app gratuitamente na Google Play. Então, se o seu celular for Android, já estará no caminho certo.

Imagem ilustrativa da maquininha Cielo Lio+

Cielo Lio+ vem com celular

Por outro lado, a maioria das maquininhas é compatível também com o sistema iOS da Apple (versão 7.0 ou superior), que tem apps disponibilizados na App Store.

Mas não todas, por isso verifique se a maquininha que você escolheu aceita esse sistema antes de comprá-la. Ou prepare-se para comprar um novo celular.

Por fim, saiba que nenhuma maquininha de cartão é compatível com aparelhos Windows Phone (sistema descontinuado da Microsoft).

Se você usa um celular antigo com esse sistema operacional, terá que investir em um modelo novo.

Qual a configuração mínima?

Uma configuração mínima de aparelho celular, seja este iOS ou Android, para receber pagamentos via maquininha de cartão, seria a seguinte:

  • 8 Gb de armazenamento – espaço necessário para o sistema operacional rodar com folga

  • 10 Mb de espaço disponível para instalar o aplicativo

  • 512 Mb de memória RAM – smartphones com memórias inferiores podem ser muito lentos

  • Tela de 4 polegadas – uma tela menor pode dificultar a visualização do aplicativo

  • Conexão Bluetooth – qualquer versão, para fazer o link com a maquininha

  • Conexão Internet 3G/4G ou Wi-Fi – para transmissão dos dados da venda

Todos os aparelhos da Apple atualmente no mercado possuem configuração melhor que a sugerida acima. Ou seja, qualquer iPhone a partir da versão 5 é uma boa opção para você, pois irá cumprir bem a função.

Já se você for usar um celular Android, pode estar confuso tentando decidir entre uma infinidade de opções e versões de sistemas. Mas, fique tranquilo que qualquer aparelho com a configuração mínima acima atende bem.

Vantagem de investir mais

Ainda que não seja preciso ter um smartphone de última geração para trabalhar com a maquininha, nada impede que você invista em algo melhor.

Aparelhos com configurações mais avançadas trarão melhores resultados em termos de velocidade de transação (melhor processamento) e, até mesmo, maior facilidade em usar o aplicativo (se usarmos uma tela maior do que a recomendação básica).

Uma configuração ideal de smartphone para maquininha de cartão, para alcançar resultados ainda melhores durante o pagamento, seria:

  • 16 Gb de armazenamento

  • 10 Mb de espaço disponível para instalar o aplicativo

  • 1,5 Gb Mb de memória RAM

  • Tela de 5 polegadas

  • Conexão Bluetooth

  • Conexão Internet 3G/4G ou Wi-Fi

Mas lembre-se: não é preciso um smartphone de última geração para trabalhar com a maquininha. Isso é apenas uma opção para quem quer ou precisa de um desempenho de alto nível.

Modelos de celular para vender com maquininha de cartão

Ainda que não sejam as únicas, os seguintes aparelhos são boas opções de smartphones com sistema Android ou iOS para uso com uma maquininha de cartão.

  • Apple iPhone 7: iOS 12, tela de 4,7 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 2 Gb de memória RAM

  • Samsung Galaxy J7 Prime: Android 6, tela de 5,5 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 3 Gb de memória RAM

  • Samsung Galaxy J5 Prime: Android 6, tela de 5 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 2 Gb de memória RAM

  • Motorola Moto G6 Play: Android 8, tela de 5,7 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 3 Gb de memória RAM

  • Samsung Galaxy J5: Android 6, tela de 5 polegadas, 16 Gb de armazenamento, 1,5 Gb de memória RAM

  • Lenovo Moto G (5S): Android 8, tela de 5,2 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 2 Gb de memória RAM

  • Samsung Galaxy J2 Prime: Android 6, tela de 5 polegadas, 16 Gb de armazenamento, 1,5 Gb de memória RAM

  • Motorola Moto G5: Android 8, tela de 5 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 2 Gb de memória RAM

  • LG K10: Android 8, tela de 5,3 polegadas, 32 Gb de armazenamento, 2 Gb de memória RAM

Outra alternativa é investir na solução Cielo Lio+. Este é um combo com maquininha de cartão e celular de boa configuração: smartphone Quantum LIO+ – Android 8, tela de 6 polegadas, 16 Gb de armazenamento e 2 Gb de memória RAM.

A qualidade da internet é melhor com algum celular?

A qualidade da conexão com a internet depende da região em que está localizado o celular na hora do pagamento, e também da operadora escolhida. Ela não depende do celular em si.

Assim, você pode perceber uma variação na transmissão de dados durante o pagamento, a depender de onde você esteja fazendo a venda – em certas regiões, uma operadora pode funcionar melhor do que outra.

De qualquer forma, lembre-se que também é possível usar conexão Wi-Fi para transmitir a transação.

Entenda as diferenças entre as conexões 3G, 4G, e outras, aqui.

E quanto à segurança?

Independente do celular escolhido, as maquininhas de cartão possuem sistema de segurança próprios para proteger os dados das transações financeiras. E estas informações não ficam armazenadas no seu celular.

Quanto ao aparelho, não há nenhum que seja mais confiável do que o outro, pois todos trabalham basicamente com o mesmo nível de segurança, usando senha de acesso ao aparelho, impressão digital ou reconhecimento facial (para aparelhos com estas funções).

Frente, costas e lateral do smartphone LG K10

LG K10 é uma boa opção para usar com maquininha de cartão

Mas é sempre recomendado protegê-lo com senhas de bloqueio para que nenhum intruso possa acessar os dados do aplicativo. E também informe à empresa fornecedora da maquininha de cartão imediatamente, em caso de perda ou roubo, para evitar problemas.

O que acontece se o meu celular não for compatível?

Se você descobrir que o seu celular não é compatível somente após a compra da maquininha, você pode fazer a devolução da mesma ou comprar um outro aparelho.

Observe apenas que cada empresa tem um prazo de devolução e políticas diferentes quanto a isso. Por isso, discuta com o suporte ao cliente caso isso aconteça. Outra opção é confirmar a compatibilidade com a empresa antes de fechar a compra.

Você também pode procurar saber mais sobre o PagPhone, uma maquininha de cartão que também é celular.

Compro ou não compro um novo celular?

A escolha por uma maquininha de cartão que tem apenas conexão Bluetooth normalmente está relacionada ao baixo custo. Essa sem dúvida é a maior vantagem dela.

Por outro lado, é preciso ter um celular para efetivar a venda, através da comunicação de dados via Bluetooth.

A boa notícia é que tanto os aplicativos quanto a conexão das transações de pagamento são relativamente leves e pequenas. Por isso, um smartphone básico (conforme configuração citada) vai atender à maioria dos empreendedores.

Investir em um smartphone top de linha é uma opção pessoal para quem pode gastar uma quantia maior ou precisa de desempenho acima da média.

Se o seu celular atual for compatível, ótimo. Se não for, fica a seu critério comprar um celular novo ou escolher outro modelo de maquininha de cartão para celular.