A Skrill, concorrente britânica da gigante PayPal, ainda não chegou oficialmente ao Brasil, mas nada impede que você tenha uma conta com eles e a use para fazer e receber pagamentos internacionais.

Assim como outras carteiras digitais que são uma ótima opção para pagamento online, o Skrill permite que você adicione seus dados financeiros e pessoais à sua base de dados e, desta forma, possa fazer e receber pagamentos sem ter que divulgar as suas informações para terceiros.

Isso pode ser uma ótima solução, especialmente se você quer vender para turistas estrangeiros depois que eles voltem aos seus países de origem – eles podem, simplesmente, fazer transferências para a sua conta Skrill, amplamente aceita em outros países, especialmente na Europa.

Como abrir uma conta com o Skrill

Não custa nada abrir a sua conta com o Skrill. Tudo é feito online e são feitas perguntas básicas durante o processo. No entanto, esteja ciente de que o site da empresa é totalmente em inglês, pois ele ainda não foi lançado no Brasil.

Caso você queira fazer pagamentos com o Skrill, você terá que cadastrar um cartão de crédito internacional durante o processo – a Skrill não aceita cartão nacional.

Já para a retirada de dinheiro, você irá escolher o Brasil como seu país de residência e digitar o código SWIFT da sua conta bancária (se você não souber esse código, consulte o seu banco).

No entanto, esteja ciente de que nem todos os bancos brasileiros serão aceitos, pois a empresa tem uma lista limitada de parceiros no Brasil.

Para receber pagamentos  com o Skrill via e-mail é bem simples:  basta que você informe seu e-mail cadastrado com a empresa para o seu cliente, ou envie uma solicitação para ele pelo sistema online para que a transferência possa ser feita.

O barato pode sair caro

A Skrill não cobra taxas para que você receba dinheiro de seus clientes, e muitas outras também são gratuitas. Isso torna o serviço bastante atraente para muita gente, a princípio.

Porém, como a empresa ainda não está oferecendo seus produtos de forma integral para o Brasil, você terá que arcar com alguns extras. São eles:

  • O principal entrave dessa operação é o fato da empresa ainda não oferece pagamentos na nossa moeda nacional. Assim, você terá que optar por uma moeda estrangeira, como o dólar ou o euro, e arcar com os custos de conversão da moeda – 4,38% sobre o saldo total.

  • Isso sem falar de possíveis perdas causadas pela flutuação cambial da moeda, tão comum no Brasil atualmente.

  • Além disso, o seu banco brasileiro poderá cobrar taxas adicionais pela entrada de dinheiro vindo de fonte estrangeira na sua conta.

  • Outro ponto ao qual você deve estar atento é o fato do eBay não aceitar mais pagamentos via Skrill por conta de um acordo com o PayPal.

Por isso, analise bem as vantagens de agregar essa opção de pagamento ao seu negócio. Talvez, o Skrill deva ser considerado como uma alternativa a mais, e não como a base de seu negócio, até que a empresa chegue oficialmente ao Brasil.