• Mãos mostrando app Pag Rápido

Pag Rápido permite receber pagamentos no celular

Por |2018-04-27T10:05:36+00:0002/06/2017|

O Pag Rápido é uma solução de pagamento móvel para quem quer receber cartão de crédito de clientes sem precisar de um leitor de cartão para celular. Com ele, é possível aceitar pagamentos, entre outras funções, diretamente em um smartphone ou tablet compatível com a solução da empresa.

Saiba a seguir como o Pag Rápido funciona, como fazer o cadastro com a empresa, as taxas cobradas, além de suas vantagens e desvantagens em relação a outras soluções em pagamentos móveis disponíveis no Brasil.

Como funciona o Pag Rápido

O Pag Rápido pode ser utilizado em aparelhos Android e iOS (iPhone, iPad) usando diretamente o link disponibilizado pelo site da empresa, ou via app para Android.

Assim, usuários de aparelhos da Apple terão que se adaptar às restrições impostas pela utilização da ferramenta via site ainda que responsivo (preparado para ser acessado também em dispositivos móveis), pois este não é tão eficiente e confortável quanto via app.

Celular, tablets e monitor mostrando app Pag Rápido

Para efetivar a compra via app ou site, o vendedor deve então acessar a página, digitar o valor da venda, escolher a forma de pagamento, digitar todos os dados do cartão de crédito do cliente (nome do titular, número do cartão, data de validade e o código de segurança) e aguardar que a transação seja autorizada.

Após receber a confirmação autorizando a transação, está tudo feito – não é preciso pedir que o cliente digite a senha nem assine na tela do celular. O sistema ainda permite o envio de um recibo ou comprovante de venda para o e-mail do cliente.

Solução emite boleto bancário

O Pag Rápido realiza apenas vendas no crédito, tanto à vista quanto parceladas, e em até 12 vezes (ou em até 24 vezes na bandeira MZCard).  E uma de suas principais vantagens é aceitar um grande número de bandeiras: Visa, Mastercard, Diners Club, American Express, Elo, Paggo, HiperCard, Aura, Sicred, Cabal, CooperCred, Sorocred, Discover Network, JCB e PagCard.

Além disso, usando o sistema Pag Rápido, é possível fazer a emissão de boleto bancário e autorizar débito automático Bradesco.

Em termos de segurança, segundo a empresa, as informações financeiras e pessoais do cliente são protegidas via SSL, com uma chave de encriptação de 128 bits.

Conheça os três planos e as taxas Pag Rápido

A Pag Rápido oferece três planos de contratação, os quais variam em termos de taxas e liberação dos saldos na conta do vendedor.  São eles:

PlanoCartão de CréditoBoleto Bancário

Taxa Fixa
por transação aprovada

Saldo em
Desconto5,9% a 4,9%2,4% a 1,4%R$ 0,4930 dias
Padrão7,4% a 6,4%2,7% a 1,7%R$ 0,4914 dias
Antecipação8,4% a 7,9%2,9% a 2,4%R$ 0,492 dias

Como se pode ver, é preciso pagar taxas bem mais altas do que as cobradas por outros leitores de cartão que liberam os saldos em 1 ou 2 dias úteis, como a iZettle ou Cielo Mobile, uma desvantagem e tanto no bolso do pequeno empresário ou autônomo.

No entanto, a possibilidade de emitir boleto bancário pode ser atraente para alguns, caso o tipo de produto ou serviço negociado crie demanda por esta modalidade de pagamento.

Vale ressaltar ainda que a taxa fixa é cobrada apenas para transações aprovadas, porém é um item a mais a ser somado no seu custo fixo. E a variação nas taxas que você está vendo na tabela deve-se ao desconto prometido pela Pag Rápido a seus clientes, de acordo com o relacionamento destes com a empresa – algo que também não é deixado muito claro.

Saldo não é liberado na conta corrente do vendedor

O saldo das vendas realizadas é disponibilizado na conta virtual do vendedor, de onde precisa ser transferido por este para a conta bancária que ele cadastrou com o serviço – o que significa mais dias de espera pela liberação dos saldos por conta da transferência bancária, assim como acontece com o PagSeguro.

app mostrando app Pag Rápido

Além disso, apenas uma transferência de saldos para a conta bancária é gratuita por mês. A partir do segundo saque, é cobrada um taxa de R$ 3,00 por solicitação.

A Pag Rápido também aceita o cadastramento de conta poupança (assim como a SumUp), além de conta corrente, desde que esta esteja no nome do titular da conta.

Para fazer o cadastro com a empresa, é só preencher o formulário disponível no site da empresa – mas o que acontece depois não é informado no site.

Empresa oferece Programa de Bônus

A Pag Rápido cobra taxas altas e oferece pouca transparência sobre algumas informações básicas, porém pode ainda conquistar clientes por conta de seus serviços extras.

Um deles é a possibilidade de venda de recarga de crédito de celular pelo seu sistema, uma forma a mais de um pequeno empreendedor ou autônomo ganhar dinheiro. Quem adere a este serviço e decide oferecer mais essa facilidade para seus clientes ficam com 2% de comissão por cada recarga vendida.

Além disso, a empresa disponibiliza um Programa de Bônus por Indicação no qual o vendedor ganha um valor em dinheiro caso consiga trazer novos clientes para a Pag Rápido. Para até 4 indicações no mesmo mês, o bônus é de R$ 75,00 por indicação; R$ 85,00 para de 5 a 9 indicações; e R$ 100,00, para mais de 10 indicações no mesmo mês – o que significaria R$ 1.000,00 com a confirmação de 10 novos clientes para a Pag Rápido.

Vale ressaltar que só é considerada como indicação válida aquela que for cadastrada por meio do link do vendedor em questão, e que tenha sido paga e verificada pela Pag Rápido.  O andamento das indicações podem ser acompanhadas pelo site da empresa.

Outro serviço oferecido pelo sistema é a consulta a CNPJ ou CPF por R$ 9,99 cada.

Prós

  • Emite boleto bancário

  • Vende recarga de celular

  • Generoso bônus por indicação

  • Consulta paga a CNPJ e CPF

  • Aceita conta poupança

  • Grande número de cartões

  • Faz débito automático

Contras

  • Taxas altas

  • Saldo não é liberado em conta bancária

  • Cadastro e taxas não são claros

  • Poucos dados sobre segurança (e não exige senha ou assinatura)

  • App apenas para Android

  • Tarifa extra e fixa sobre transação