Entre as várias escolhas decisivas durante o processo de criação de uma loja virtual, está o tipo de hospedagem ideal. Você deve usar um serviço de hospedagem (self-hosted) ou uma plataforma pronta para hospedagem de lojas virtuais?

Veja a seguir as diferenças entre estes dois tipos, auxiliando na escolha do que é melhor para cada tipo de negócio.

Tipos de hospedagem

Ao começar a pensar em como criar o seu e-commerce de forma prática, vai descobrir que existem duas possibilidades para a hospedagem da sua loja virtual:

  • Hosted, que é a utilização de uma plataforma já existente de comércio online

  • Self-hosted, que a hospedagem por conta própria de um novo site

Para exemplificar as diferenças, vale a pena imaginar os espaços virtuais como espaços físicos:

Ao abrir uma loja, o empreendedor pode alugar um espaço pronto, já montado, com toda a infraestrutura para começar a vender. Ou pode alugar um espaço vazio e montar tudo do zero, colocando o que ele julgar mais adequado para o seu público.

Utilizar uma plataforma pronta (hosted) é como alugar o espaço montado, com menor capacidade de personalização do ambiente online, mas com a comodidade de não precisar criar nada. Utilizar uma hospedagem própria (self-hosted) é como alugar um espaço vazio: dá mais trabalho, mas oferece total controle do ambiente.

Hospedagem self-hosted de loja virtual

A hospedagem própria oferece a possibilidade de montar a loja virtual do jeito que o empreendedor imagina. No entanto, isso exige conhecimentos em informática, programação e design.

Por isso, há um custo com a mão de obra para a criação do ambiente online, se você mesmo não tiver experiência no ramo. É essencial para o futuro da loja que a estrutura seja bem montada, pois um simples erro de código pode comprometer a experiência do cliente e gerar repercussões negativas.

Hospedagem self-hosted pode exigir conhecimento técnico e a ajuda de profissionais

Além de criar a página e implantar um sistema para vendas, a hospedagem própria também exige a escolha de vários serviços: hospedagem, registro do domínio, plugins, temas, certificados de segurança. Por isso, o processo exige vasta pesquisa sobre as empresas que disponibilizam esses serviços.

A hospedagem self-hosted é ideal para:

  • Quem não quer depender de uma plataforma externa – que pode, ocasionalmente, trazer limitações (número de produtos, fluxo de visitantes).
  • Quem espera um rápido crescimento da loja virtual, pois a hospedagem própria costuma ser mais flexível.
  • Quem quer ter total controle sobre o design e ferramentas usadas em sua loja virtual.
  • Quem já possui uma loja física, mas pretende investir no mundo virtual e aumentar as vendas no comércio eletrônico.

Existem diversas empresas que oferecem o serviço de hospedagem self-hosted no Brasil, com uma grande variedade de planos e preços – como a Locaweb, a UolHost e a Hostgator. Veja as vantagens e as desvantagens de decidir por este tipo:

Vantagens:

  • Controle de toda a estrutura da loja virtual
  • Maleabilidade para crescimento da loja e aumento no fluxo de visitantes

Desvantagens:

  • Ter que lidar com diversos fornecedores de serviço

  • Exige mão de obra especializada para criação da página

Hospedagem hosted de loja virtual

Neste tipo de hospedagem, você utilizará uma plataforma pronta e feita sob medida para lojas virtuais. As empresas que oferecem essas plataformas ajudam a passar segurança para os que estão começando com pouco investimento. A probabilidade de existir algum erro no site também diminui.

Editor do Uol Criador de Sites

Hospedagem hosted vem com ferramentas simples para criar a loja virtual

Você não terá preocupações com a estabilidade da página ou com o funcionamento do sistema de vendas. No entanto, só irá conseguir aumentar o seu site até um certo limite, na maioria dos casos. Dependendo da plataforma, em casos de grande crescimento, você poderá precisar migrar para uma hospedagem própria. Ou precisará pagar um valor muito alto de assinatura, o que pode não valer a pena.

Por isso, a hospedagem do tipo Hosted é indicada para:

  • Quem está começando e prefere “testar o público” antes de se arriscar e dar um grande passo, que é a hospedagem própria.
  • Quem quer vender pela internet, mas não possui uma grande variedade de produtos. Por exemplo, caso você venda algum trabalho artesanal, com produção lenta e caseira, vale a pena utilizar uma plataforma pronta em vez de investir em uma hospedagem própria.
  • Quem não tem conhecimento técnico ou dinheiro em caixa para pagar um desenvolvedor de sites.
  • Quem quer encontrar tudo o que precisa em um único fornecedor.

Com o aumento do comércio eletrônico no Brasil, opções não faltam para os que decidirem pelo tipo de hospedagem Hosted. Entre as maiores, estão Shopify,  Nuvemshop e Loja VirtUol. As funções e os preços variam bastante de acordo com a plataforma escolhida. Veja as vantagens e as desvantagens gerais da hospedagem hosted:

Vantagens:

  • Ferramentas prontas de pagamento, atendimento ao cliente, controle de frete, entre outros
  • Facilidade e comodidade para quem quer começar a vender pela internet sem grandes investimentos
  • Segurança e estabilidade das grandes empresas por trás das plataformas

Desvantagens:

  • As ferramentas e plugins podem ser inadequados ou insuficientes para o seu modelo de loja ou área de atuação
  • A plataforma pode se tornar inadequada à medida em que a loja cresce

Posso mudar depois?

Sim, é possível mudar de hosted para self-hosted e vice-versa. Mas, o maior motivo para a grande importância da escolha entre os dois tipos de hospedagem é o transtorno causado por uma eventual mudança.

Caso você tenha decidido por um serviço hosted, mas a loja virtual cresceu e você quer uma hospedagem própria, terá que começar um novo site e se acostumar com um novo sistema. No entanto, antes de escolher um fornecedor hosted, você pode conferir se a plataforma conta com facilidades na migração – o que pode amenizar o processo de mudança.

Se você decidiu por um self-hosted, mas os custos estão altos e pretende mudar para uma plataforma pronta, perderá o dinheiro já investido. Além disso, também terá que se acostumar com uma nova plataforma.

Em ambos os casos, o fluxo de visitantes do site pode ser prejudicado, pois se a mudança envolver o domínio, o site pode perder posições nos buscadores.

Qual o melhor tipo de hospedagem para loja virtual?

Para os que querem começar com pouco investimento, comodidade e facilidade, os serviços hosted são muito mais adequados para uma loja virtual. Mas, para os que já possuem um negócio consolidado, ou estão iniciando um novo negócio com grandes pretensões e investimentos, o tipo self-hosted pode ser o indicado.

Se você percebeu que a utilização de uma plataforma de e-commerce é a maneira ideal de montar a sua loja virtual, veja aqui quais são os melhores serviços disponíveis no Brasil. Assim, você poderá analisar as diferenças e escolher a que se encaixa melhor nas suas necessidades.

Mas, se você decidir que ter uma hospedagem própria é a melhor opção no momento, veja os 5 melhores serviços de hospedagem da atualidade e escolha o seu preferido.