Facebook Pay, mais conhecido por aqui como WhatsApp Pay, é uma ferramenta de pagamento via celular que chegou criando polêmica.

No Brasil, seu lançamento foi suspenso pelo Banco Central para que este passe por uma avaliação capaz de avaliar a sua adequação ao Sistema de Pagamentos Brasileiro.

Ainda assim, vamos ver a seguir o que é essa solução, para que você possa avaliar se você deve usá-la caso ela venha a ser liberada pelo Banco Central.

O que é Facebook Pay?

O Facebook Pay é uma solução integrada ao Facebook que você pode usar para receber pagamentos dentro dessa rede social e também nas outras empresas do grupo: Instagram, WhatsApp e Messenger.

Ou seja, para ter acesso à ferramenta, você precisa ter um conta no Facebook (ou na rede social em questão), entrar em Configurações e adicionar uma forma de pagamento.

No WhatsApp, a solução está disponível no menu superrior com o nome “Pagamentos”

Tanto você quanto o seu cliente precisam ter a função ativada e serem amigos na rede social para que a transação ocorra.

Também é possível usar a solução para fazer doações e para enviar dinheiro entre amigos.

Menu Facebook Pay

Você pode configurar e acompanhar  suas transações pelo Facebook

Como funciona

O Facebook Pay funciona de forma simples. Você envia o pedido de pagamento pela rede social e o seu cliente clica no botão de pagar para confirmar a transação.

Ou seja, é uma operação de um clique, bem parecida com a de um link de pagamento.

Mas, o seu cliente pode configurar uma senha ou o uso de biometria, a qual será solicitada na hora da confirmação do pagamento.

Isso acrescenta uma camada extra de segurança e evita pagamentos realizados por alguém que tome posse do celular.

Tanto você quanto o seu cliente podem consultar e acompanhar o histórico de pagamentos e contatar o suporte pelo próprio aplicativo da rede social.

No Brasil, a empresa também havia firmado uma parceria com a Cielo para uso do Facebook Pay nas máquinas de cartão da empresa.

Tela de meios de pagamento do Facebook Pay

Facebook Pay aceita cartão de crédito e PayPal

Meios de pagamento do Facebook Pay

O seu cliente poderá cadastrar dois tipos de meios de pagamento. A primeira opção é o PayPal, uma opção que pode ser interessante para quem prefere não compartilhar as suas informações de crédito com o Facebook.

Telas de celular com logos do edes sociais Facebook, Messenger, WhatsApp e Instagram

Facebook Pay também vai funcionar com WhatsApp, Messenger e Instagram

A segunda é o cartão de crédito. Estes podem ser Visa, Mastercard, American Express ou Discover.

No WhatsApp também foi sugerido a possibilidade de fazer pagamentos com cartão de débito, mas só para transferências entre amigos – não para vendas.

Aprenda a receber pagamentos pelo WhatsApp

Quais as taxas do Facebook Pay?

As taxas do Facebook Pay não são divulgadas pela empresa, e agora que o serviço foi suspenso é melhor esperar para ver o que será comunicado futuramente.

O que se ouviu dizer é que transferências entre amigos seriam isentas de taxas, enquanto pagamentos gerados por empresas sofreriam taxa de 3,99% – paga pelo vendedor.

E isso é seguro?

Qualquer forma de pagamento enfrenta probelmas de segurança, e isso não é diferente com o Facebook Pay. Há sempre a possibilidade de hackeamento da conta com ou sem o roubo do celular acontecendo ao mesmo tempo.

A empresa afirma que usa tecnologia antifraude para monitorar as compras e detectar atividades não autorizadas, além de usar criptografia e armazenamento avançado de dados para as informações de pagamento. Você também será notificado se alguma atividade incomum for detectada.

Além disso, a empresa encoraja o uso de senha e biometria durante a autorizaçaõ do pagamento, ainda que essa não seja compulsória.

Facebook Pay ou WhatApp Pay?

Inicialmente, ouvimos falar do WhatsApp Pay, depois em Facebook Pay e, novamente, WhatsApp Pay

No final das contas, é a mesma ferramenta. A diferença é que o Facebook Pay funciona no WhatsApp, mas também em outros serviços do grupo, como Instagram e Messenger.

Porém, nem todas as opções estão disponíveis em todos os países. A versão brasileira anunciada é apenas para o WhatsApp.